Saiba quais são as orientações do Ministério da Saúde para cuidados em casos de enchentes e alagamentos

Foto: Isac Nóbrega/PR

Fenômenos naturais extremos, como as fortes chuvas que causaram enchentes e alagamentos em municípios da Bahia, exigem muita atenção e cuidados. O Ministério da Saúde frequentemente elabora materiais de apoio com recomendações de prevenção sobre acidentes decorrentes de inundações, enchentes, enxurradas, alagamentos, desabamentos e deslizamentos, além de orientações sobre quem buscar ajuda e dicas de prevenção. O material é distribuído aos estados e municípios.

Uma das dicas primordiais é que as pessoas se informem com a Defesa ou Proteção Civil de cada cidade ou com o Núcleo de Defesa Civil sobre a exposição aos riscos na região em que residem. Desta forma, estarão mais bem informadas sobre como proceder diante de situações extremas.

Dentre as recomendações também estão a vacinação contra o tétano e a manutenção dos ambientes limpos e arejados, a fim de evitar doenças como a difteria, gripe, tuberculose e meningite. Outra medida importante é não deixar água acumulada, pois evita que o mosquito aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya – se prolifere.

Em caso de acidente com animal peçonhento, a recomendação é que a pessoa ferida vá ao serviço de saúde mais próximo. O ferimento jamais deve ser sugado, nem estancado com torniquete.

Vale lembrar que a saúde mental também é comprometida em razão de alagamentos, enchentes, desabamentos e deslizamentos. São eventos traumáticos, que podem causar grave sofrimento para as pessoas, afetando de forma significativa a qualidade de vida e que podem evoluir para um quadro de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, gerando uma consequência danosa, incluindo o desenvolvimento de outras psicopatologias imediatas ou a longo prazo. Nesse caso, a orientação é identificar os sinais e procurar ajuda profissional a fim de prevenir e tratar esses quadros.

Essas e outras recomendações com detalhes para cada situação no enfrentamento as enchentes, alagamentos, desabamentos e deslizamentos podem ser obtidas nos materiais a seguir:

Confira abaixo as publicações com orientações do Ministério da Saúde:

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.