Câncer de próstata: secretário de Saúde participa de bate-papo na internet sobre prevenção, diagnóstico e tratamento

O “Bate Papo Amazonas” com o titular da SES-AM, Anoar Samad, será nesta quarta (17), às 15h, com transmissão pelas redes sociais do Governo do Estado e pela rádio web Agência Amazonas. Foto: Divulgação/Rodrigo Santos/SES-AM

O secretário de Estado de Saúde (SES-AM), médico urologista Anoar Samad, participa nesta quarta-feira (17/11) do “Bate Papo Amazonas” para esclarecer dúvidas da população sobre prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de próstata. A oitava edição da entrevista temática integra a programação do Novembro Azul da SES-AM, mês de sensibilização sobre a saúde do homem, e será transmitida, às 15h, pelas redes sociais do Governo do Estado e pela rádio web Agência Amazonas.

De acordo com estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o Amazonas deve registrar 480 novos casos de câncer de próstata em 2021. “É uma doença grave, frequente e dependendo da região é o segundo tumor mais frequente no sexo masculino e, em muitas regiões, perde apenas para o câncer de pele. O preconceito ainda é contra o exame de toque retal e isso atrasa muito o diagnóstico. Vamos acabar com o preconceito, porque o exame de próstata pode salvar a sua vida”, comenta o secretário.

Segundo o médico, que possui quase 30 anos de experiência na área de saúde, com reconhecimento nacional e internacional pela sua atuação na especialidade de urologia no Amazonas, o câncer de próstata não apresenta sintomas, mas quando descoberto em fase inicial tem mais chances de cura.

Anoar Samad ressalta que os homens entre 50 e 70 anos devem procurar um urologista, todos os anos, para realizar os exames de toque retal e de dosagem sanguínea do Antígeno Prostático Específico (PSA), para o rastreio do câncer.

“O câncer de próstata é uma doença muito perigosa e para duplicar de tamanho demora dois anos, ou seja, tem muito tempo para se cuidar. Faça seus exames periódicos. A prevenção é o melhor remédio porque ajuda a evitar o desenvolvimento da forma grave da doença”, afirma.

Atendimento

A recomendação aos homens é procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa, para avaliação médica e obter encaminhamentos para realização dos exames de rastreio e para consulta com urologista. Na rede estadual de saúde, o atendimento em urologia está disponível nas policlínicas Codajás e Danilo Corrêa, com agendamento de consultas via Sistema de Regulação, além da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), que é a unidade de referência para o tratamento do câncer de próstata no Amazonas.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.