Jornalista Aquiles Barros é encontrado morto em quitinete no Jorge Teixeira

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou que o jornalista, de 82 anos, teve morte natural. Foto: Divulgação

O jornalista Aquiles Barros foi encontrado morto na noite desta quarta-feira (20), dentro de uma quitinete na avenida Itaúba, bairro Jorge Teixeira, na zona Leste de Manaus, onde morava. Ele tinha 82 anos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou que foi uma morte natural. Aquiles já estava muito debilitado e não tinha ninguém para cuidar dele.

Aquiles estava desaparecido há cinco dias, quando amigos não conseguiram mais contactá-lo. Ele era natural do Rio de Janeiro e não tinha parentes em Manaus.

Aquiles Barros trabalhou na TV Educativa entre as décadas de 1970 e 1980, apresentando o programa “Imagens e Sons”, que divulgava clipes musicais. Ele estava trabalhando como funcionário público na Prefeitura de Manaus até adoecer por Covid-19.

Em março deste ano Aquiles foi encontrado desacordado dentro da quitinete onde morava, pesando apenas 40 quilos. Ele foi tratado e depois retornou para o local, onde vivia sozinho.

 

Por Hector Muniz

PUBLICIDADE
Veja também
1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Oliveira disse:

    Isso não existe eu vir ele domingo fez compra tomou umas servejas foi pra casa isso no minimo foi latrocínio