Pandemia: 30 leitos de suporte ventilatório pulmonar são habilitados para o interior do Amazonas

Os leitos de suporte ventilatório pulmonar atenderão exclusivamente pacientes com a Covid-19 em Manicoré, Borba, Humaitá, Nhamundá, Itacoatiara, Eirunepé e Coari. Foto: Rodrigo Santos/SES-AM/Divulgação

A Comissão Intergestores Bipartite do Amazonas (CIB/AM) aprovou, nesta segunda-feira (29), durante a 258ª Reunião Ordinária da Comissão, oito pautas referentes a ações de saúde pública nos municípios do estado. Dentre as pautas está a que dispõe sobre a habilitação de 30 leitos de suporte ventilatório pulmonar, para atendimento exclusivo dos pacientes com Covid-19, nos municípios de Manicoré, Borba, Humaitá, Nhamundá, Itacoatiara, Eirunepé e Coari. A reunião aconteceu por videoconferência.

A CIB é a instância colegiada, que reúne secretários municipais e a gestão estadual, para traçar estratégias e deliberar sobre a execução das ações e serviços de saúde.

Foi aprovada a habilitação de dois leitos de suporte ventilatório pulmonar para os municípios de Manicoré, Borba e Nhamundá; quatro para Eirunepé; seis para Itacoatiara e Coari; e oito para Humaitá. Conforme o secretário executivo de Assistência do Interior (Seai/SES-AM), Cássio Espírito Santo, tudo o que os secretários municipais pediram foi acatado.

“O Governo do Estado, a SES-AM, tem empenhado todos os esforços para atender da melhor forma possível o interior do Estado. Tudo o que as secretarias municipais nos pedem, estando em concordância com o Conselho Nacional de Assistência Social (Cnas), Cosems e demais órgãos reguladores, está sendo providenciado. Nossa intenção é garantir o máximo dessa assistência”, afirmou.

A reunião aprovou também o incremento em 20% nos valores da tabela de contribuição dos municípios ao Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Amazonas (Cosems/AM). Aprovou a vacinação contra a Covid-19 de pessoas entre 60 e 64 anos e indígenas da etnia Waimiri-Atroari, naturais dos municípios de Novo Airão e Presidente Figueiredo.

Ampliação da cobertura vacinal

A vacinação contra a Covid-19, de pessoas entre 60 e 69 anos e a estratégia de ampliação da cobertura vacinal, por meio de remanejamento de doses de vacina em Manaus, e sobre a vacinação de pessoas entre 60 e 64 anos, conforme a disponibilidade de doses destinadas ao Estado do Amazonas, também foi pauta aprovada na reunião.

A reunião convalidou, por unanimidade, sobre a vacinação do Grupo Prioritário Fase 4, das Forças de Segurança e Salvamento. Durante a reunião foi solicitado o credenciamento de equipes do Programa Mais Médicos, ao Ministério da Saúde, para os municípios de Lábrea e Canutama, e o credenciamento de Unidades Básicas de Saúde Fluviais (UBSF) para Itapiranga.

Glaucoma

A reunião da CIB abordou ainda a desabilitação da empresa Vision Clínica de Olhos Ltda, no que se refere à dispensação de medicamentos para o tratamento do glaucoma, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir de 16 de abril. A empresa continuará realizando diagnósticos e exames, e a dispensa de medicamentos passa a ser feita da Central de Medicamentos do Amazonas (Cema).

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.