Estratégias de atividades futuras do Casarão da Inovação Cassina são discutidas pela Prefeitura

O Casarão da Inovação Cassina, considerado um marco na criação do Polo Digital de Manaus, está recebendo os últimos ajustes para dar continuidade às atividades. Foto: Valdo Leão/Semcom/Divulgação

Com a missão de apoiar empreendedores da área tecnológica no município, a Prefeitura de Manaus vem realizando uma série de reuniões para movimentar as atividades voltadas ao mundo dos negócios e à Indústria 4.0, no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico de Manaus. Na última sexta-feira (22), representantes da Diretoria de Planejamento e Subsecretaria de Inovação, integradas à Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), discutiram as estratégias e projeções de atividades futuras.

“O prefeito David Almeida é muito preocupado com a questão do empreendedorismo e da tecnologia e como isso vai impactar a retomada das nossas atividades. Na primeira reunião com as diretorias discutimos a estrutura para atender melhor esses eixos que a Semtepi tem que é inovação, tecnologia e trabalho. A ideia é incentivar e fomentar cada vez mais o ecossistema inovador”, informa o secretário da Semtepi, Radyr Júnior.

O espaço, considerado um marco na criação do Polo Digital de Manaus, está recebendo os últimos ajustes para dar continuidade às atividades. A equipe se reuniu para falar sobre o pacote de capacitação maior com novas oportunidades, a missão de se tornar o núcleo da mudança da matriz econômica e sobre a integração de programações com atividades voltadas ao mundo dos negócios e à Indústria 4.0.

“Nós já estamos nos inteirando de tudo que pode ser feito e muitas coisas deverão ter um progresso. Vamos dar continuidade a projetos voltados ao desenvolvimento de startups, projetos mais voltados à área tecnológica e pequenos negócios, fomentando e contribuindo para a continuidade dos mesmos”, ressaltou o diretor de Planejamento, Jullyano Braga.

Espaço multiuso

O Casarão da Inovação Cassina também é utilizado como alicerce para iniciar a entrada de Manaus como uma cidade conectada. O espaço coworking conta com sala de formação, recepção, lounge, salas de reunião e laboratórios. O pavimento superior apresenta um espaço para café/restaurante, com vista privilegiada da praça Dom Pedro II, o Museu da Cidade e outros prédios do Centro Histórico, além do rio Negro, a partir do terraço panorâmico.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.