Ninguém morreu de Covid-19 em 6 cidades do AM desde o início da pandemia

Apuí, no Sul do Amazonas, está entre as cidades sem registram de óbitos por Covid-19. Foto: Divulgação/Prefeitura de Apuí

Passados quatros meses de pandemia no Amazonas, ninguém morreu em seis cidades do Amazonas. É o que indica o boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) nessa segunda-feira (13/7). O estado registra um total de 3.048 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. Em relação a casos confirmados, todos os municípios do Amazonas já têm registro.

O primeiro caso de Covid-19 no Amazonas foi registrado oficialmente no dia 13 de março. O boletim mais recente indica que a primeira morte ocorreu no dia 19 do mesmo mês.

Até o momento, seis cidades amazonenses seguem sem registrar óbitos. São elas: Anamã, Apuí, Canutama, Eirunepé, Envira e Pauini.

Sobre os casos confirmados, 100% dos municípios já têm diagnósticos positivos. Envira foi o último a entrar para a lista.

Óbitos por municípios

Do total de mortes registradas no Amazonas, há o registro de 1.909 óbitos confirmados em Manaus.

No interior, são 55 municípios com óbitos confirmados até o momento, em um total de 1.139. A lista inclui Manacapuru (129); Coari (95); Parintins (89); Tefé (81); Tabatinga (75); Itacoatiara (58); São Gabriel da Cachoeira (47); Iranduba (46); Humaitá (37); Autazes (32); Maués (31); Benjamin Constant (27); Barcelos (24); Presidente Figueiredo (20); Nova Olinda do Norte (20); Santo Antônio do Içá (20); Borba (19); São Paulo de Olivença (19); Fonte Boa (17); Jutaí (15); Tonantins (14); Careiro (14); Lábrea (14); Rio Preto da Eva (14); Alvarães (13); Manaquiri (12); Anori (11); Boca do Acre (10); Manicoré (10); Novo Aripuanã (9); Santa Isabel do Rio Negro (9); Amaturá (8); Uarini (8); Barreirinha (8); Beruri (7); Carauari (7); Itapiranga (6); Novo Airão (6); Urucará (6); Nhamundá (5); Silves (4); Careiro da Várzea (4); Caapiranga (4); Pauini (4); Atalaia do Norte (4); Urucurituba (4); Tapauá (4); Juruá (4); Codajás (3); Maraã (3); Itamarati (3); Boa Vista do Ramos (2); Guajará (2); Japurá (1) e São Sebastião do Uatumã (1).

Casos por municípios

O boletim indica, ainda, 84.412 casos confirmados no Amazonas até essa segunda-feira (13/7). Desses, 30.640 são de Manaus (36,30%) e 53.772 do interior do estado (63,70%).

Além da capital, 61 municípios têm casos confirmados: Coari (6.134); Manacapuru (3.259); São Gabriel da Cachoeira (2.998); Tefé (2.983); Parintins (2.907); Itacoatiara (1.788); Tabatinga (1.559); Barcelos (1.511); Benjamin Constant (1.477); Humaitá (1.441); Presidente Figueiredo (1.386); Iranduba (1.340); Autazes (1.080); Maués (1.065); Alvarães (1.058); Santo Antônio do Içá (1.018); Careiro (996); Eirunepé (929); Tapauá (827); Santa Isabel do Rio Negro (773); São Paulo de Olivença (756); Lábrea (740); Boca do Acre (709); Anori (709); Barreirinha (705); Fonte Boa (693); Rio Preto da Eva (680); Atalaia do Norte (636); Nova Olinda do Norte (621); Carauari (588); Uarini (585); Guajará (571); Borba (562); Pauini (549); Novo Aripuanã (548); Itapiranga (544); Tonantins (519); Urucurituba (500); Beruri (481); Amaturá (464); Manicoré (430); Itamarati (429); Urucará (418); Anamã (361); Manaquiri (356); São Sebastião do Uatumã (313); Japurá (306); Jutaí (302); Juruá (299); Boa Vista do Ramos (255); Maraã (257); Novo Airão (236); Silves (183); Nhamundá (171); Caapiranga (167); Codajás (163); Canutama (143); Careiro da Várzea (113); Ipixuna (74); Apuí (69) e Envira (38).

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.