Manaus defende continuidade do Estadual após técnico do Amazonas citar classificação geral

O Manaus FC tirou a invencibilidade do Amazonas FC e virou campeão do primeiro turno do Campeonato Amazonense, no dia 1º de março deste ano. Foto: Marcos Dantas/Amazonas FC

O Campeonato Amazonense 2020 está suspenso, por causa da pandemia do novo coronavírus, e a polêmica sobre a continuidade da competição se estende desde o adiamento do Estadual. Ontem (23/4), o técnico e diretor executivo do Amazonas FC, Ricardo Lecheva, chegou a citar a classificação geral como argumento para que o clube seja declarado o campeão do ‘Barezão’ 2020. Neste domingo (24/5), o Manaus FC, vencedor do primeiro turno, reagiu. Em nota, o clube disse defender a continuidade da competição.

A declaração de Lecheva ocorreu em vídeo enviado para a live de aniversário do Amazonas FC. Em meio às felicitações para o clube, que completou seu primeiro ano nesse sábado (23/5), o técnico deu a entender que o time é merecedor do título de campeão do Amazonense.

“O regulamento geral das competições da CBF, assim como do Campeonato Amazonense, porque é o mesmo que rege o Campeonato Amazonense, dita que: o campeão será dado através da classificação geral. E, na classificação geral, o Amazonas FC está na frente de todos os clubes. Então, o Amazonas pode estar comemorando, já em 2020, o seu segundo título como profissional e o primeiro título na Série A, na elite do futebol Amazonense”, disse Lecheva.

No vídeo, o técnico chegou a afirmar que o Campeonato Amazonense foi declarado encerrado. A Federação Amazonense de Futebol (FAF) e clubes realmente deram por encerrada competição no dia 20 de março, no entanto, após reunião virtual, no mesmo dia, ficou definido que não haveria término da competição.

Na época, a FAF informou que seis clubes votaram pelo cancelamento da competição: EC Iranduba, Fast Clube, Nacional, Manaus FC, Princesa do Solimões, São Raimundo EC. Dois clubes votaram pelo encerramento: Amazonas FC e Penarol AC. “Tendo em vista a falta de unanimidade na decisão, a Federação estudará o caso e em reunião posterior com os clubes definirá todos os assuntos decorrentes da decisão”, disse a entidade, em texto publicado em seu site.

Manaus FC reage

Em nota divulgada neste domingo, o Manaus FC se posicionou sobre a definição do campeão amazonense 2020. O clube afirma que há apenas um campeão desta edição.

“O campeão do 1º turno, que é o MANAUSFC, equipe que conquistou o título de maneira invicta, incontestável e dentro das quatro linhas, sobre um oponente que tinha a vantagem do empate na decisão, e ainda assim sofreu uma sonora goleada de 4 a 1”, cutuca. O clube tirou tirou a invencibilidade do Amazonas FC e virou campeão do primeiro turno do Campeonato Amazonense, no dia 1º de março.

Na nota, o Manaus FC diz que o “Regulamento Específico da Competição (REC) não prevê pontos corridos ou pontuação geral, e o Regulamento Geral da Competição (RGC) não se sobrepõe a este”.

O clube também disse defender a continuidade da competição, após autorização das autoridades sanitárias. “Mesmo com o regulamento ao lado do MANAUSFC para ser declarado campeão amazonense 2020, o clube defende a continuidade da competição e acredita que ela deve ser finalizada dentro das quatro linhas, em respeito aos torcedores, patrocinadores e a detentora dos direitos de transmissão, Rede Calderaro de Comunicação, e desde já se coloca à disposição para conversar com os clubes coirmãos e com a Federação Amazonense de Futebol (FAF)”, afirma trecho da nota.

Leia a íntegra da nota do Manaus FC, abaixo:

NOTA OFICIAL

O Manaus Futebol Clube vem a público se posicionar oficialmente acerca da definição do campeão amazonense 2020.

1. Para especularmos sobre o campeão do Amazonense 2020, é preciso ter o mínimo de conhecimento do regulamento da competição. E este é muito claro quando dispõe, a partir do seu artigo 7, que trata do sistema de disputa e especificamente no artigo 10, que diz que será conhecido o vencedor do Estadual do duelo entre os campeões de cada turno.

2. Só há um campeão, o campeão do 1º turno, que é o MANAUSFC, equipe que conquistou o título de maneira invicta, incontestável e dentro das quatro linhas, sobre um oponente que tinha a vantagem do empate na decisão, e ainda assim sofreu uma sonora goleada de 4 a 1.

3. O Regulamento Específico da Competição (REC) não prevê pontos corridos ou pontuação geral, e o Regulamento Geral da Competição (RGC) não se sobrepõe a este.

4. Ainda assim, mesmo com o regulamento ao lado do MANAUSFC para ser declarado campeão amazonense 2020, o clube defende a continuidade da competição e acredita que ela deve ser finalizada dentro das quatro linhas, em respeito aos torcedores, patrocinadores e a detentora dos direitos de transmissão, Rede Calderaro de Comunicação, e desde já se coloca à disposição para conversar com os clubes coirmãos e com a Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Portanto, assim que as autoridades sanitárias do Governo Estadual e Municipal autorizarem a volta do futebol, o clube retornará aos trabalhos, procurando atender todas as regras e recomendações para preservar a saúde de atletas, comissão técnica e funcionários, para que a competição seja retomada de maneira segura.

Fora desse entendimento, o MANAUSFC buscará o reconhecimento do título de Campeão Amazonense em todas as instâncias legais, fundamentado nas Leis do Esporte.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.