Tribunal de Justiça lança processo seletivo para contratação de piloto de aeronave

Tribunal de Justiça lança processo seletivo para contratação de piloto de aeronave

Tribunal de Justiça lança processo seletivo para contratação de piloto de aeronave. Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) lançou edital (PSS nº 01/2019) objetivando selecionar piloto de aeronave para atuar no Judiciário Estadual.

O contrato será de até 12 meses e a seleção para os cargos será realizada mediante avaliação curricular e comprovação dos documentos de habilitação exigidos em edital.

Tribunal de Justiça

Os interessados deverão ter idade mínima de 18 anos; ter nacionalidade brasileira (ou ser naturalizado); estar em dia com as obrigações eleitorais, militares e fiscais; não estar aposentado do serviço público (salvo o disposto na execução do art. 37 § 10 da Constituição da República); não ter sido contratado com fundamento na Lei Estadual nº 2.616 de 26 de setembro de 2000 e apresentar os documentos e currículo, conforme exigido em edital.

Os pedidos de inscrições deverão ser apresentados na Divisão de Gestão de Pessoas (do TJAM) – das 10 horas do dia 23 de outubro do ano corrente, às 14h do dia 8 de novembro – situada no Centro Administrativo Desembargador José Jesus Ferreira Lopes, prédio anexo ao edifício-sede TJAM, localizado na avenida André Araújo, bairro do Aleixo, zona Centro-Sul de Manaus.

Inscrição

Para efetivar sua inscrição, além de currículo, o candidato deverá apresentar: diploma ou certificado de conclusão de curso de ensino médio (expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação/MEC); licença/certificado e habilitações de piloto comercial, categoria Avião, checado como Comandante; possuir habilitação para aeronaves multimotoras, válida; possuir licença para voo por instrumentos (IFR, válida); possuir Certificado Médico Aeronáutico/CMA; ter registrado 3.500 horas de voo, devidamente comprovadas por Caderneta Individual de Voo (CIV), Caderneta Individual de Voo Digital (CIV Digital) e Declaração de Horas de Voo, expedida por órgão competente; além de comprovação de experiência recente.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.