Acusado de matar sargento da PM se entrega na DEHS; um segue foragido

Acusado de matar sargento da PM se entrega na DEHS; um segue foragido

Acusado de matar sargento da PM se entrega na DEHS (sem camisa); um segue foragido. Foto: Divulgação/Secom

Charles Sanches Morais, 27, um dos envolvidos na morte do sargento da reserva Luiz Carlos da Silva Castro, 56, assassinado após reagir a um assalto na zona Leste, se entregou à polícia nesta segunda-feira (24).

Charles compareceu à Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), zona Norte de Manaus, acompanhado de um advogado, após ter mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça no plantão criminal.

Acusado de matar

Com a prisão de Charles e Joelson Soares, encontra-se foragido apenas Marclei Morais de Souza, 20. O trio faz parte do quinteto suspeito de matar o sargento da Polícia Militar, Luís Carlos da Silva, 56. Eles foram colocados em liberdade provisória após audiência de custódia, na última sexta-feira.

A Policia Militar deflagrou a “Operação Águia” ainda na noite de sábado para cumprir os mandados. A operação tem o objetivo de encontrar e prender os suspeito pelo assassinato do sargento.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Marclei, pode ligar para a polícia no 190. É garantido o sigilo da fonte.

Reportagem: David Batista

Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *