SSP registra queda de até 26% em crimes violentos nos 5 primeiros meses

SSP registra queda de até 26% em crimes violentos nos 5 primeiros meses

SSP registra queda de até 26% em crimes violentos nos 5 primeiros meses. Cúpula da segurança apresentou balanço. Foto: Thiago Ribeiro/ SSP

Em cinco meses, os indicadores de Segurança Pública apresentam resultados positivos para a população, com redução de até 26% nos registros de crimes violentos em Manaus.

Os dados apontam para queda nos casos de homicídio, latrocínio, e lesão corporal seguida de morte. Além disso, houve aumento na quantidade de armas apreendidas, e mais de 500 pessoas foram presas apenas nas operações integradas.

SSP registra

O resultado positivo é reflexo das ações adotadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), juntamente com os órgãos que compõem o sistema. Até esta quarta-feira (19/06), foram deflagradas 24 grandes operações integradas.

O balanço foi apresentado na manhã desta quarta-feira (19/06) pelo secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates; comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Norte; delegado-geral da Polícia Civil do Amazonas (PCAM), Lázaro Ramos; comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Danízio Valente; e diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), Rodrigo de Sá.

Crimes violentos letais

Dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem dados de homicídios, latrocínios, e lesões corporais seguidas de morte, Manaus registrou queda em todos os indicadores, conforme o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp). Também houve queda em registros de roubos, estupro, roubo a ônibus, e roubo e furto de veículos.

“Estamos aqui para prestar contas à população e dizer que houve redução em todos os indicadores de crimes violentos letais. Ainda não está no nível que queremos, mas já é uma resposta contundente à criminalidade. Além disso, vamos triplicar as operações, pois o resultado delas tem servido de ânimo para a polícia trabalhar cada vez mais”, afirmou Louismar Bonates.

181

O secretário de Segurança destacou, ainda, a ajuda da população ao trabalho policial. “A redução nos indicadores se deve não só ao trabalho intensificado das polícias, que estão diuturnamente nas ruas, mas também à ajuda da população com informações ao 181”, disse.

Mortes violentas

De janeiro a maio deste ano, foram registrados 304 homicídios na capital amazonense, contra 333 de igual período do ano passado, o que representa uma queda de 8% no acumulado do ano. Somente no mês de maio, a queda foi de 14% na comparação com maio de 2018.

Já os registros de latrocínio tiveram queda de 26%, com 14 registros em 2019 contra 19 registros do ano passado, entre os meses de janeiro e maio.

Outro indicador em queda foi o de lesão corporal seguida de morte, com redução de 23%. Neste ano, foram dez registros em cinco meses, contra 13 de um ano atrás, entre janeiro e maio.

Estupro

Os números da Secretaria de Segurança apontam, ainda, para uma queda dos casos de estupro. Em 2019, foram 345 registros, o que representa uma queda de 15% em relação aos 405 casos de 2018.

Roubo

Crime que incomoda muito a população manauara que depende do transporte coletivo, o roubo aos ônibus teve uma queda de 38% em cinco meses. No ano passado, até maio, os registros contabilizam 1.263 ocorrências, caindo para 772 neste ano. Apenas no mês de maio a queda foi de 44%.

Diariamente a Polícia Militar atua em todos os terminais de ônibus, com atenção especial aos horários de pico. Além do reforço nos terminais, em todas as zonas da cidade é realizada a Operação Catraca, com abordagens a ônibus desde as 4h da madrugada, além da Operação Rota Segura, com abordagens a ônibus das empresas do Distrito Industrial. Entre janeiro e maio, 652 pessoas foram presas suspeitas de roubo a ônibus.

De maneira geral, considerando os roubos a transeuntes, residências e outros, houve queda de 12% nos registros deste ano, na capital amazonense, conforme dados do Sisp.

Veículos

Caiu 38% o número de roubo a veículos e 18% o número de furtos, em 2019. Diariamente, as Polícias Militar e Civil têm recuperado veículos com restrição de roubo ou furto, totalizando 1.033 unidades de janeiro a maio, uma média de 6,8 por dia.

Armas

Resultado de ações estratégicas das polícias, foram retiradas de circulação quase mil armas de fogo em cinco meses. O número deste ano (955) é 6% maior que em igual período do ano passado (902), conforme dados do Setor de Balística do Instituto de Criminalística (IC), órgão ligado ao Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *