Segunda-feira, 16 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

David Almeida afirma que Amazonino pode implicar secretários em crime por reajuste ilegal

David Almeida diz que abono salarial é ilegal

O presidente da Aleam, deputado David Almeida, disse que o decreto governamental é ilegal porque não passou pela aprovação da Casa Legislativa. Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado David Almeida (PSB), afirmou que a manobra do Executivo Estadual para conceder aumento salarial para os secretários estaduais é ilegal e pode levar o primeiro escalão do governo a incorrer em crimes de improbidade administrativa e enriquecimento ilícito.

David é um dos parlamentares que subscreveu o Decreto Legislativo que pede o cancelamento dos efeitos do decreto governamental. O documento de autoria dos deputados Platiny Soares (PSB) e José Ricardo (PT), que começou a tramitar na Aleam nesta quarta-feira (11), foi subscrito por David Almeida, Abdala Fraxe (Podemos), Cabo Maciel (PR), Augusto Ferraz (DEM), Luiz Castro (Rede) e Serafim Corrêa (PSB).

Por meio do Decreto Estadual n° 38.853, publicado no dia 9 de abril de 2018, o Governo do Amazonas autorizou a concessão de “abono salarial” aos secretários, secretários executivos e adjuntos, presidentes e diretores intermediários de autarquias e fundações. Os valores variam de R$ 10.250 mil a R$ 14 mil, dependendo dos cargos.

“Esse tipo de ação não pode ser autorizada  sem a chancela, sem a aprovação do Poder Legislativo. Ele [governador] errou ao não mandar para a Assembleia Legislativa. Não sou contra aumento para ninguém. Tudo que vem para beneficiar o trabalhador tem o meu apoio. No entanto, a forma adotada pelo Executivo fere a Constituição. É ilegal”, afirmou David.

 

Invalidado

Por meio de Resolução Legislativa, David salientou que o decreto governamental será invalidado. “Não afrontem a Assembleia. É o Poder Legislativo que detém a primazia para analisar e aprovar esse tipo de matéria que prevê aumento salarial. Nós não iremos abrir mão dessa nossa prerrogativa”, avisou o presidente.

No documento, a Aleam justifica a suspensão dos efeitos do decreto governamental que concedeu o referido abono aos titulares de cargos de confiança da administração direta e indireta do governo do Estado. Por meio de decreto, o Executivo tenta tirar a competência do Parlamento de legislar sobre o tema, o que fere as Constituições Federal e Estadual, e ainda, a Lei de Responsabilidade Fiscal, dentre outras, uma vez que concede aumento da remuneração aos secretários sem passar pela obrigatoriedade constitucional do processo legislativo, conforme determina o inciso X, artigo 37 da CF/1988.

Veja também

Pesquisas apontam Amazonino e David na briga pelo Governo do Estado. Veja resultados de Action e 365 Pesquisas apontam Amazonino e David na briga pelo Governo do Amazonas. Aliança do governador com o prefeito Arthur Virgílio é avaliado, embora tenha sinais mais evidentes apenas desde a sexta-feira Duas pesquisas, registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribun...
Homem é morto após tentar furar PM com tesoura Foto: Reprodução Um homem, de 24 anos, morreu ao ser atingido por um tiro no peito neste domingo (15),  na rua Paulo Sarmento, bairro Amazonino Mendes, zona Leste. Segundo a polícia, ele teria reagido a uma abordagem e atacou um policial com uma tesoura. O policial re...
Homem é morto durante troca de tiros com a polícia. Ele havia tentado assaltar três pessoas na Cidad... Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38. Foto: Divulgação Um homem, ainda não identificado, morreu na noite de sexta-feira (13) após uma troca de tiros com policiais militares, no bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus. Ele tentou assaltar três pessoas ante...
Vem aí: 11ª Mostra de Música Canção da Mata com entrada gratuita. Confira a programação Banda Luneta Mágica. Foto: Divulgação A cidade de Manaus vai receber a 11ª edição da Mostra de Música Canção da Mata, do Sesc Amazonas, nos próximos dias 16 e 17 de julho, a partir das 20h, no palco do Teatro Amazonas, situado na Rua Eduardo Ribeiro, Centro da cidade. O ...
Compras de vestuário a partir de R$ 5? ‘Varal Sustentável’ leva bazar para shopping na z... O Varal Sustentável é apresentado ao público no formato que dá nome ao projeto, ou seja, as peças de calças, bermudas, camisas, sapatos e outros objetos são expostos em um varal à espera dos consumidores.  Foto: Divulgação O fim de semana pode ser uma oportunidade para com...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook