Domingo, 15 de julho de 2018

Morte de policial federal pela Polícia Civil de RR envolve filho de jornalista oposicionista e tráfico de droga. Ação foi toda filmada

Morte de policial federal pela Polícia Civil de RR

Morte de policial federal pela Polícia Civil de RR causa polêmica. João Pedro (esquerda), condenado por tráfico, descreveu Ivo (direita) como quem estaria esperando droga em hotel

Um thriller policial, com nuances políticas, corporativismo, apreensão de droga e morte. O policial rodoviário federal Ivo Seixas Rodrigues, 46, foi morto a tiros. Policiais da equipe do delegado Paulo Henrique Thomaz (Paulo Bahia) o mataram. Ivo era lotado na Polícia Rodoviária Federal do Amazonas (PRF-AM). Isso ocorreu na madrugada de sábado (07/04) para domingo. A partir daí se deu a repercussão que mobiliza as polícias Rodoviária, Federal e Civil em Roraima.

O Portal do Marcos Santos apurou as seguintes versões:

 

Versão da polícia

Paulo Bahia e equipe são de Mucajaí (RR), a 55km de Boa Vista, e estavam perseguindo um suspeito. Ele bateu o carro contra a viatura dos policiais, mas foi preso. Tratava-se de João Pedro Assunção Araújo, 23, que estava com 19kg de maconha tipo skunk. Confessou que recebeu a droga no aeroporto e entregaria no hotel para alguém com a descrição de Ivo Seixas.

Os policiais chegaram ao hotel e Ivo, ao ver a movimentação, teria saído ao corredor. Foi dada voz de prisão. Só depois de alvejado, ele teria se identificado como policial rodoviário federal. Chegou a ser levado ao Hospital de Roraima e não resistiu aos ferimentos.

 

Versão da família e PRF

A família de Ivo, cujo corpo chegou nesta terça (09/04) a Manaus, afirma que ele estava visitando uma amiga. E que jamais teve qualquer envolvimento com droga.

A mãe de João Pedro, o delator, é a jornalista Daniella Assunção. Ela é assessora do deputado estadual George Melo (PSDC) e do deputado federal Hiran Gonçalves (PP). Os dois fazem oposição à governadora Suely Campos e ela já foi intimada na polícia por postagens oposicionistas no FaceBook.

João Pedro é reincidente e cumpre pena por tráfico em Pacaraima (RR). O juiz Bruno Fernando Alves da Costa confirmou a prisão dele na audiência de custódia, domingo (08/04).

 

Equipe de Paulo Bahia filmou tudo

Um vídeo de toda a ação que resultou na morte do policial seria a grande arma de defesa do delegado Paulo Bahia e equipe. “Ele tem boa reputação entre os delegados de Roraima e todos estão tranquilos”, disse um policial.

A Polícia Rodoviária Federal de Roraima emitiu nota afirmando que acompanha tudo e a Polícia Federal está investigando. “A instituição acompanha o caso e está comprometida com a total elucidação dos fatos. Em conjunto com a Polícia Federal (PF) está trabalhando para o rápido esclarecimento da ocorrência”, diz a nota.

Veja também

Homem é executado a tiros no Viver Melhor 1 Foto: Divulgação Lucas Darcio Ramos, 20, foi executado a tiros na tarde deste domingo (15), em um campo de areia, nas proximidades da avenida das Flores, no bairro Lago Azul, conjunto Viver Melhor 1, zona Norte de Manaus. Conforme informações de testemunhas, Lucas est...
Homem é morto após tentar furar PM com tesoura Foto: Reprodução Um homem, de 24 anos, morreu ao ser atingido por um tiro no peito neste domingo (15),  na rua Paulo Sarmento, bairro Amazonino Mendes, zona Leste. Segundo a polícia, ele teria reagido a uma abordagem e atacou um policial com uma tesoura. O policial re...
Homem é morto durante troca de tiros com a polícia. Ele havia tentado assaltar três pessoas na Cidad... Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38. Foto: Divulgação Um homem, ainda não identificado, morreu na noite de sexta-feira (13) após uma troca de tiros com policiais militares, no bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus. Ele tentou assaltar três pessoas ante...
Vem aí: 11ª Mostra de Música Canção da Mata com entrada gratuita. Confira a programação Banda Luneta Mágica. Foto: Divulgação A cidade de Manaus vai receber a 11ª edição da Mostra de Música Canção da Mata, do Sesc Amazonas, nos próximos dias 16 e 17 de julho, a partir das 20h, no palco do Teatro Amazonas, situado na Rua Eduardo Ribeiro, Centro da cidade. O ...
Compras de vestuário a partir de R$ 5? ‘Varal Sustentável’ leva bazar para shopping na z... O Varal Sustentável é apresentado ao público no formato que dá nome ao projeto, ou seja, as peças de calças, bermudas, camisas, sapatos e outros objetos são expostos em um varal à espera dos consumidores.  Foto: Divulgação O fim de semana pode ser uma oportunidade para com...

Um comentário para “Morte de policial federal pela Polícia Civil de RR envolve filho de jornalista oposicionista e tráfico de droga. Ação foi toda filmada

  1. B. L. disse:

    Eu estava hospedado no hotel Lua Nova, na Avenida Benjamin Constant, nas vésperas do ocorrido desta tragédia lá dentro. Eu fiz o checkout no sábado ao meio-dia. Na sexta-feira à noite, por volta das 22hs., eu estacionei o meu carro ao lado de um veículo cor cinza escuro, não lembro a marca, parecia seminovo, e dentro dele havia um casal se beijando; não fiquei encarando os dois, mas vi que era uma mulher de cabelo claro curto, acho que meio loiro, na casa de uns de 30-38 anos, mas não vi o rosto… vi de costas, e o beijo dos dois foi longo; um beijo bem apaixonado. Desci do carro e minutos depois o rapaz (este que foi assassinado) passou por nós na recepção e nos cumprimentou com um discreto sorriso, muito simpático disse boa noite para mim, o vigia, e mais uma outra pessoa que lá estava hospedada. Quando retornei na semana seguinte e me hospedei no Lua Nova Hotel, fiquei sabendo do ocorrido pelos funcionários e quando me mostraram o jornais com a matéria jornalística, fiquei estarrecido ao ver a foto do rapaz barbudo, o mesmo do beijo com a garota. Lamento que isso tenha ocorrido. Uma fatalidade infeliz. Uma tragédia, e que as investigações continuem para elucidar o caso. Eu sinceramente acho que o rapaz foi confundido com o possível traficante, e uma sequência de erros levou ao seu assassinato. Apesar de parecer bem mal encarado, o tal rapaz barbudo parecia simpático; estava em uma moto vintage (vi quando passou e mexe nela estacionada na porta do hotel), e pelo visto ele – o PRF – deve ter vindo para se encontrar com a tal garota. Parecia um beijo bem apaixonado. Nenhum traficante vai ficar de namorico em porta de hotel dentro de carro… pois a meta é traficar e não ter um romance. Aliás, como pode um condenado por tráfico, como este marginal filho da jornalista, mesmo condenado em Pacaraima ficar livre e solto e ainda traficando drogas? Isso está muito errado. São essas escapadas ou falhas da justiça (ou do sistema) que causam tragédias. Creio também que a equipe de policiais civis estava bem focada em prender a quadrilha, os traficantes, e essa obsessão pode ter levado a falhas e a um assassinato por erros de abordagem. Eu tirei fotos da porta do quarto 117 onde o tal Ivo foi morto. Há três buracos de balas. Foram tiros de fora para dentro do quarto. Tudo indica que quem abriu a porta (o Ivo), ao se deparar com os homens do lado de fora (descaracterizados, imagino), deve ter tentado fechar a porta e foi alvejado. As balas atravessaram a porta e acertaram a cama e parede… muito triste ver uma cena posterior de crime. O quarto 117 já estava devidamente limpo, sem manchas de sangue. Lamento muito pela família do policial e peço prudência aos policiais em suas abordagens. Fico pensando que poderia ter sido eu ou qualquer outra pessoa de bem, tal como o Ivo, morto por uma fatalidade infeliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook