Domingo, 15 de julho de 2018

Políticos no “corre” para as últimas horas da janela partidária. Veja alguns nomes

Bisneto e Rotta se desincompatibilizaram hoje dos cargos na Prefeitura de Manaus. Foto: Semcom

Uma verdadeira revoada de políticos em busca de novos partidos ou saindo de cargos visando as eleições movimenta o cenário no Amazonas nas próximas horas, até o fim da janela partidária.

Faltando seis meses exatamente para o pleito de outubro, o dia 7 de abril, este sábado, é o último dia para filiação partidária e registro de partidos segundo a legislação eleitoral. O sábado é o prazo final para desincompatibilização para os gestores no Poder Executivo.

Sem riscos

Para não correr riscos, muitos ocupantes de cargos públicos deixam até sexta-feira (6) os postos, ou até mesmo hoje, como foi o caso do secretário-chefe da Casa Civil na Prefeitura de Manaus, o tucano Arthur Bisneto, que volta para a Câmara Federal, onde busca sua reeleição. Carlos Souza foi seu suplente no período.

Também o vice-prefeito Marcos Rotta (PSDB) entregou o cargo de secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), ficando apto à disputa. Para não ficar inelegível, ele está impedido de assumir o cargo de prefeito.

Além de Rotta e Bisneto, na esfera municipal ainda devem deixar as pastas os futuros candidatos Elias Emanuel (Semmasd); Afonso Lins (Ouvidoria); Socorro Sampaio (secretária da Mulher); e o fiel escudeiro tucano Mário Barros, coordenador do gabinete do prefeito.

Federal

Entre as últimas mudanças de siglas, ontem o deputado federal Átila Lins deixou as fileiras do PSD, de Omar Aziz, para ingressar no PP, de Rebecca Garcia, pré-candidata ao governo. Seu irmão, Belarmino Lins, também deve acompanhar sua mudança e ir para o Partido Progressista.

A janela de troca de partidos é tanto para acomodar melhor políticos quanto para melhorar tempo de rádio e TV na eleição. Uma sigla também define o tamanho do financiamento público das campanhas.

No movimento contrário dos irmãos Lins, está Conceição Sampaio, de saída do PP, que deve se filiar ao ninho tucano.

Ex-governador

Nome que tem costurado várias alianças e aparece como pré-candidato ao governo, David Almeida mudou de partido no último dia 23, saindo do PSD, de Omar, para o PSB, de Serafim Corrêa.

A mudança estava consolidada desde o ano passado, quando Omar interferiu no pleito e David não pôde concorrer ao mandado tampão. O PSD deu apoio total a Amazonino Mendes.

David Almeida tem reforçado a teoria de “romper com o ciclo de poder do atual grupo que governa o Estado”, e busca força no apoio do PP, PR, PT, PCdoB, Podemos, PSL, Pros, PV, DEM, Avante, Patriotas e PMN.

No âmbito estadual, a secretária de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Janaína Chagas, deixa a pasta para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Em seu lugar deve assumir o presidente municipal do PPS e atual secretário adjunto, Manoel Almeida. Janaína deve apresentar hoje um balanço de sua gestão.

Casa nova

Eleito com o poder da polícia no Estado, o deputado estadual Platiny Soares está de casa nova, apesar de ter trocado recentemente o Democratas pelo PSL.

Mas como levou uma pernada do diretório nacional da sigla, que tem como presidenciável Jair Bolsonaro, Platiny busca refúgio no PSB.

O deputado fez campanha e jogou tapete para Bolsonaro no Amazonas, e se apresentava como presidente estadual do PSL, sem ser.

E no mês passado a sigla ganhou novo diretório, sob o comando do tenente-coronel Ubirajara Rosses, sem que Platiny fosse incluído. O PSL segue uma dinâmica nacional de ter nas presidências dos diretórios nomes militares.

Veja também

Projeto abre exceções para municípios inadimplentes receberem recursos federais de programas sociais... O deputado Arthur Bisneto é o autor do projeto, que ainda será apreciado em plenário. Foto: Câmara dos Deputados/Divulgação Pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a inscrição de um município brasileiro como inadimplente no Sistema Integrado de Administração Financeira do G...
Lei Eleitoral restringe atos do poder público a partir deste sábado, como transferências e propagand... Transferência voluntária de recursos está proibida a partir de hoje devido às eleições de outubro. Foto: Arquivo A transferência voluntária de recursos da União para os estados e municípios, bem como dos governos estaduais aos municipais, está proibida a partir deste sáb...
Omar espera Arthur, desafia Maus Caminhos e afirma que Giuliani “descobriu a pólvora” Pré-candidato ao Governo, o senador Omar Aziz destacou que ainda não tem uma chapa fechada e que vai buscar alianças com outros partidos. Foto: Divulgação O Partido Social Democrático (PSD) oficializou a pré-candidatura do senador Omar Aziz ao Governo do Estado na tarde ...
MP adverte governador e secretário sobre proibição de distribuição de bens em ano eleitoral MP Eleitoral notificou governador sobre proibição de distribuição de bens, valores ou benefícios por parte da gestão em ano em que se realiza eleição. Foto: Secom O Ministério Público Eleitoral enviou notificação, nesta terça-feira (3), ao governador do Amazonas, Amazoni...
Pré-candidatos estão proibidos de apresentar programas de rádio e TV Emissoras não poderão transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos às eleições gerais deste ano. Foto: José Cruz/Agência Brasil A partir deste sábado (30), as emissoras de rádio e televisão não poderão transmitir programas apresentados ou comentados...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook