Quarta-feira, 18 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

Comandante do Exército se coloca ao lado do povo e repudia corrupção em post na rede social, um dia antes do julgamento de Lula

Comandante geral do Exército, general Eduardo Villas Boas, repudiou a impunidade

No Twitter, onde tem mais de 130 mil seguidores, general questiona quem está preocupado apenas com os interesses pessoais acima dos interesses da Nação. Foto: Divulgação

Com os holofotes do País voltados hoje para o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a pressão sobre o Supremo Tribunal Federal (STF) ganhou uma voz do outro lado da fronteira. Nesta noite de terça-feira (3), o comandante geral do Exército, general Eduardo Villas Boas, usou a rede social Twitter para declarar repúdio à impunidade no país.

Em duas mensagens postadas na rede social, onde tem milhares de seguidores, o general diz que a Constituição deve ser respeitada e que o Exército compartilha dos anseios da sociedade.

Paz e democracia

“Asseguro à Nação que o Exército brasileiro julga compartilhar o anseio de todos os cidadãos de bem de repúdio à impunidade e de respeito à Constituição, à paz social e à democracia, bem como se mantém atento às suas missões institucionais. Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do país e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”, disse o comandante nas postagens.

Incomum

O movimento de militares brasileiros de volta à arena política está mais forte do que nunca, ao lado de grupos de direita. O general não citou o caso Lula textualmente, nem precisava. A manifestação do comandante geral da ativa sobre um assunto que diz respeito à Justiça, algo incomum em democracias, acrescenta um novo e inédito — ao menos nos últimos 30 anos pós-redemocratização —  ingrediente ao furacão político vivido pelo país desde 2013.

As mensagens do general, que possui 130 mil seguidores e é considerado um grande comunicador, viralizaram, foram curtidas e compartilhadas por milhares de pessoas. E geraram reação em cadeia de outros de militares de alta patente.

Mensagem

O mesmo raciocínio da mensagem de ontem está num comunicado oficial do comandante, o número 5, de 30 de março, onde ele diz que “a história tem mostrado que o povo brasileiro busca, nas Instituições Brasileiras o apoio necessário para ao seu desenvolvimento social, político e econômico, tendo, no Exército, o guardião dos valores e dos
princípios da moralidade e da ética”.

Confiabilidade

No texto, divulgado pelo Comando Militar da Amazônia (CMA), Villas Boas completa que tem tentado “apresentar a minha convicção de que todos os esforços devem ser feitos para banir a corrupção e a impunidade do cotidiano brasileiro. Essa crença vem da esperança de cada cidadão nas ações de outras Instituições de Estado, por meio de ações de combate à corrupção, e na confiabilidade em nosso Exército”.

A mensagem termina com as operações do Exército Brasileiro em diversos frontes, de Norte a Sul do País. Na Amazônia, por exemplo, cita o patrulhamento na fronteira e o gerenciamento da crise imigratória de venezuelanos, os quais ingressam no Brasil pela cidade de Pacaraima (RR), além de citar o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), de combate aos crimes transfronteiriços.

Veja também

Lula mantido na cadeia por relator original do processo. Veja como ele foi solto, preso, solto e pre... Lula mantido na cadeia por relator original do processo no TRF4, após gangorra entre prisão e soltura O ex-presidente Lula vai continuar preso. A decisão é do relator original do processo, João Pedro Gebran Neto. Ele alegou que "a jurisdição de plantão não exclui prevenç...
Desembargador que trabalhou para PT manda soltar Lula e Moro susta libertação. Veja íntegra da decis... Desembargador que trabalhou para PT manda soltar Lula (foto) e o juiz Sérgio Moro susta a libertação O desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Federal Regional da 4ª Região, mandou soltar o ex-presidente Lula. A decisão foi dada em habeas corpus dos deputados petistas...
MPF pede desarquivamento de inquérito contra senadores Eduardo Braga e Omar Aziz Procuradora Raquel Dodge questiona arquivamento pelo STF de inquérito contra senadores do Amazonas. No agravo regimental, a PGR pede que seja reconsiderada a decisão monocrática do ministro Alexandre de Moraes. Foto: Arquivo A procuradora-geral da República, Raquel Dodge...
Para STF, guardas municipais podem portar armas de fogo no trabalho e na folga O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu que integrantes de todas as guardas podem portar arma de fogo no trabalho e de folga. Foto Antonio Cruz / Agência Brasil O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu que ...
MP recomenda prefeito de Maués a coibir nepotismo com afastamento imediato de parentes MPE expediu recomendação para coibir a prática de nepotismo na prefeitura de Maués. Foto: Divulgação O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Maués, expediu recomendação para coibir a prática de nepotismo na prefeitura do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook