Domingo, 15 de julho de 2018

Em Manaus, 69% estabelecimentos de hospedagem visitados estão irregulares, aponta Ministério do Turismo

Ministério do Turismo Fiscaliza Hotéis em Manaus. Foto: Divulgação

Foi a vez de a capital amazonense receber as fiscais do Ministério do Turismo para vistoria em seus meios de hospedagem. A ação faz parte da operação Verão Legal 2018 e busca fiscalizar estabelecimentos que estão sem o registro obrigatório junto ao MTur e, consequentemente, em desacordo com a Lei do Turismo. Durante a ação, finalizada nesta quinta-feira (29), as agentes estiveram em 49 locais e notificaram 34 deles. O número corresponde a 69% de prestadores visitados.

Além disso, foram emitidos 15 termos de fiscalização, que representam a visita das fiscais em locais que já estão fechados ou que trocaram de CNPJ. O objetivo da fiscalização é sensibilizar os prestadores de serviço turístico sobre a importância de estar regularizado junto ao órgão máximo de turismo no Brasil, que é o MTur. Além de trazer uma série de vantagens para o trabalhador da área, como acesso a financiamento em bancos oficiais do governo e cursos gratuitos de qualificação ofertados pelo ministério, o prestador regular também mostra para o seu cliente que está regularizado.

“Estamos satisfeitos com o trabalho que vem sendo realizado pela fiscalização e com o apoio também do setor, que tem entendido a importância de manter seu estabelecimento formalizado junto ao Ministério do Turismo. Além de poder contar com linhas de crédito e cursos de qualificação da Pasta, o empreendimento se beneficia ao passar ainda mais confiança para seus clientes”, explica Larissa Peixoto, coordenadora de fiscalização do MTur.

Desde que foi iniciada, em setembro de 2017, a operação já esteve em 19 cidades: Brasília, Rio de Janeiro, Boa Vista, Maceió, João Pessoa, Palmas, Aracaju, Teresina, Fortaleza, Vitória, São Luís, Cuiabá, Goiânia, Belo Horizonte, Campo Grande, Natal, Recife, Salvador e Rio Branco. Até abril deste ano, os fiscais terão visitado as demais capitais brasileiras.

Realizar o cadastro é fácil: basta acessar o site do Novo Cadastur clicando aqui, escolher o item “Sou prestador” e preencher os dados básicos. A ferramenta foi modernizada em todo o país, é de fácil compreensão e o prestador vai conseguir realizar uma rápida inscrição. Lembrando que o cadastro é obrigatório e quem não se regularizar poderá ser autuado e pagar uma multa de até R$ 854 mil.

De acordo com a Lei do Turismo, o cadastro é obrigatório para agências de turismo, meios de hospedagem, guias de turismo, transportadoras turísticas, acampamentos turísticos, organizadoras de eventos e parques temáticos. Iniciado em setembro do ano passado, o trabalho tem surtido efeito nos números do Cadastur. Em dezembro de 2017, foram identificados 64.591 cadastros, um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Veja também

Homem é morto após tentar furar PM com tesoura Foto: Reprodução Um homem, de 24 anos, morreu ao ser atingido por um tiro no peito neste domingo (15),  na rua Paulo Sarmento, bairro Amazonino Mendes, zona Leste. Segundo a polícia, ele teria reagido a uma abordagem e atacou um policial com uma tesoura. O policial re...
Homem é morto durante troca de tiros com a polícia. Ele havia tentado assaltar três pessoas na Cidad... Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 38. Foto: Divulgação Um homem, ainda não identificado, morreu na noite de sexta-feira (13) após uma troca de tiros com policiais militares, no bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus. Ele tentou assaltar três pessoas ante...
Vem aí: 11ª Mostra de Música Canção da Mata com entrada gratuita. Confira a programação Banda Luneta Mágica. Foto: Divulgação A cidade de Manaus vai receber a 11ª edição da Mostra de Música Canção da Mata, do Sesc Amazonas, nos próximos dias 16 e 17 de julho, a partir das 20h, no palco do Teatro Amazonas, situado na Rua Eduardo Ribeiro, Centro da cidade. O ...
Compras de vestuário a partir de R$ 5? ‘Varal Sustentável’ leva bazar para shopping na z... O Varal Sustentável é apresentado ao público no formato que dá nome ao projeto, ou seja, as peças de calças, bermudas, camisas, sapatos e outros objetos são expostos em um varal à espera dos consumidores.  Foto: Divulgação O fim de semana pode ser uma oportunidade para com...
Fies ofertará mínimo de 155 mil vagas para o segundo semestre, com 50 mil a juro zero Foto: Reprodução O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ofertará, pelo menos, 155 mil vagas para o segundo semestre de 2018. Desse total, 50 mil oportunidades serão a juro zero. As inscrições para essa edição terão início na próxima segunda-feira, 16, exclusivamente ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook