Quinta-feira, 21 de junho de 2018

Mais de 349 mil alunos serão beneficiados com a Campanha Nacional de Hanseníase e outras doenças, no AM

Durante todo o primeiro semestre deste ano letivo, 349,9 mil alunos de 5 a 14 anos de idade, matriculados no ensino fundamental de 1,5 mil escolas públicas do Amazonas serão beneficiados com a busca ativa para diagnóstico e tratamento de casos de hanseníase, de tracoma e de esquistossomose. Os escolares também receberão tratamento contra verminoses. A estratégia, promovida pelo Ministério da Saúde, faz parte da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose para diagnóstico de doenças que possuem tratamento gratuito no Sistema Único de Saúde (SUS) e contempla 62 municípios do estado.

A estratégia, cujo slogan é “Hanseníase, Verminoses e Tracoma – em casa ou na escola, sempre é hora de prevenir e tratar”, ocorrerá em 40 mil escolas públicas de 2,7 mil municípios brasileiros que aderiram à ação e envolverá mais de oito milhões de alunos. As atividades serão realizadas até o dia 30 de junho. Com ações específicas para cada uma das doenças, a campanha envolve profissionais da educação e os que atuam no SUS, em especial os profissionais da Estratégia de Saúde da Família (ESF), das Unidades Básicas de Saúde e da Vigilância Epidemiológica dos municípios.

Do total de municípios que aderiram à Campanha, 2.615 (95,4%) são considerados prioritários, devido à vulnerabilidade social e ao risco de adoecimento da população por essas doenças. Dentre os quais 46 são do Amazonas. Todos os municípios prioritários juntos receberam do Ministério da Saúde mais de R$ 16,5 milhões para a realização das ações propostas. Outros 127 municípios participarão voluntariamente da Campanha. Todos recebem do Ministério da Saúde apoio técnico e os medicamentos necessários para a execução da Campanha.

Foto: Divulgação

Para intensificar a estratégia, será realizada a Semana de Mobilização Nacional da V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses, Tracoma e Esquistossomose, que ocorrerá de 5 a 9 de março. O lançamento será dia 06 de março na Escola Estadual Professor Jercy Jacob em Várzea Grande, Mato Grosso com a presença da coordenadora-geral de Hanseníase e Doenças em Eliminação do Ministério da Saúde, Carmelita Filha. Para a coordenadora, a ação no ambiente escolar potencializa os resultados dessa intervenção. “Vamos ao encontro dos alunos que estão num local que é familiar para eles, facilitando a abordagem para realizar ações educativas e identificando precocemente essas doenças”, explica Carmelita Filha.

Confira aqui os materiais, a arte gráfica para reprodução de peças da campanha

CAMPANHA ANTERIOR

A quarta edição da campanha, que aconteceu em 2016 e 2017, contou com participação de 2.409 municípios. Ao todo, seis milhões de escolares receberam a ficha de autoimagem, 157 tiveram diagnósticos de hanseníase confirmados, além de 23 casos diagnosticados entre os contatos. Cerca de 4,9 milhões de escolares receberam a profilaxia para verminoses, 22.084 casos foram confirmados como positivos para tracoma e 381 para esquistossomose.

No estado do Amazonas, 5 dos 231,4 mil alunos que receberam a ficha de autoimagem tiveram diagnóstico confirmado para hanseníase. 185,8 mil escolares foram tratados contra verminoses e 279 alunos foram diagnosticados com tracoma.

HANSENÍASE 

Para detecção de casos de hanseníase, a estratégia consiste na utilização da ficha de autoimagem que contempla sinais e sintomas sugestivos da doença. A ficha é entregue a cada aluno, a qual é preenchida pelos pais ou responsáveis e posteriormente devolvida à escola. As fichas são triadas pelos profissionais de saúde e os casos com lesões suspeitas de hanseníase, encaminhados para avaliação e início do tratamento, caso confirmado o diagnóstico. Os contatos dos casos diagnosticados também devem ser examinados.

Na última década, o Brasil apresentou uma redução de 37,1 % no número de casos novos, passando de 40,1 mil diagnosticados no ano de 2007, para 25,2 mil em 2016. Tal redução corresponde à queda de 42,3% da taxa de detecção geral do país (de 21,19/100 mil hab. em 2007 para 12,23/100 mil hab. em 2016). Do total de casos novos registrados, 1,6 mil (6,72%) foram diagnosticados em menores de 15 anos, sinalizando focos de infecção ativos e transmissão recente, e 7,2 mil iniciaram tratamento com alguma incapacidade.

O diagnóstico e o tratamento da hanseníase são ofertados pelo SUS, disponível em unidades públicas de saúde. Por isso, na última campanha publicitária lançada no início do ano, o Ministério da Saúde alerta a população sobre sinais e sintomas da doença com o objetivo de estimular a busca pelos serviços de saúde e mobilizar profissionais de saúde na busca ativa por casos novos.

VERMINOSES, TRACOMA E ESQUISTOSSOMOSE 

No caso das geo-helmintíases ou verminoses, os alunos recebem profilaxia com Albendazol 400mg em dose única. Esse medicamento é eficaz, não tóxico, e utilizado, há vários anos, em milhões de pessoas de diversos países. Quanto ao tracoma, os escolares são submetidos a exame ocular externo, realizado por profissionais capacitados. Os casos positivos e seus contatos domiciliares são encaminhados para tratamento.

Já os municípios que aderiram às ações para esquistossomose realizarão exame de fezes na população escolar e tratamento individual ou coletivo dos casos, com base nos percentuais de positividade encontrados.

Veja também

Movimento ‘Levante MAO’ será apresentado no Café Teatro com entrada gratuita As oito obras que serão apresentadas no movimento “Levante MAO” tiveram uma fase de alinhamento de informações. Foto: Divulgação Desde quarta (20) até sexta-feira, 22/6, o Les Artistes Café Teatro, localizado na avenida 7 de setembro, no Centro, será palco do movimento art...
Amazonas é o terceiro Estado com maior número de feminicídios No Amazonas, o TJAM terminou 2017 com 522 processos de feminicídio pendentes. O número é 15,5% maior da quantidade de processos de feminicídio pendentes em 2016 (452 processos). Foto: Divulgação Amazonas é o terceiro Estado brasileiro com maior proporção de casos de fe...
Em boa fase, Iranduba recebe o Pinheirense (PA) nesta quinta na Arena da Amazônia Ocupando a terceira posição na tabela do grupo 01 com 13 pontos, o Iranduba vem de uma derrota por 2 a 1 contra o atual líder do campeonato, o Corinthians. Foto: Divulgação Com três atletas convocadas para disputar amistosos pela Seleção Brasileira Sub-20, a equipe Irandub...
Espetáculo ‘Joias de Tchaikovsky’ estreia neste domingo, no Teatro da Instalação Foto: Divulgação No próximo domingo (24), a Companhia de Dança Encontro das Águas apresentará, às 19h, o espetáculo “Joias de Tchaikovsky”, no Teatro da Instalação, localizado na rua Frei José dos Inocentes, s/Nº, Centro. A apresentação faz parte da agenda do Programa Espa...
Confira o resultado preliminar de sete processos seletivos do Governo com 286 vagas A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social (Aades) divulga o Resultado Preliminar dos sete Processos Seletivos para 286 vagas nas áreas: do Meio Ambiente, Assistência Social, Esporte, Regularização Fundiária e Infraestrutura. Veja os resultados abaixo: ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook