Sábado, 26 de maio de 2018

Personal trainer é denunciado por exercer atividade ilegal em academia na João Valério

O funcionário Driel Macedo de Araújo, da academia Selfit, na avenida João Valério, no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, foi denunciado ao Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região  (CREF8) por exercício ilegal da atividade.

Ele foi conduzido ao 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para prestar esclarecimentos sobre  a denúncia de atividade ilegal.

Atividade

O artigo 47, da Lei das Contravenções Penais, prevê prisão de até 3 meses para quem “exercer profissão ou atividade econômica remunerada ou anunciar que a exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado seu exercício”.

A denúncia relatava que Driel exercia ilegalmente a atividade de personal trainer. “Não foi a primeira vez que denunciaram o rapaz. Já nos haviam apresentados outros indícios de que ele exerce a atividade de professor ilegalmente”, comentou o agente de fiscalização do CREF8, João Granjeiro.

Nas redes sociais o suspeito se apresenta como bacharel de Educação Física, atleta de fisiculturismo e garoto propaganda. Os fiscais do Conselho Regional de Educação Física apresentaram cópias de postagens que o suspeito fez se declarando professor de Educação Física.

Ocorrência

As equipes de fiscalização do CREF8 e policiais do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) estiveram na academia e o suspeito foi levado até a delegacia, onde assinou um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) e um boletim de ocorrência. No próximo dia 22 ele deve retornar ao DIP.

Driel não apresentou nenhum documento que comprovasse o que ele cursa o quarto período de Educação Física. Ele alega que estava fazendo estágio, mas segundo a profissional de educação física, Meyciane Costa, que seria a sua tutora, o suspeito geralmente atua na academia sem a sua supervisão.

Responsabilidade

Meyciane foi autuada e pode responder processo ético administrativo no Conselho Regional de Educação Física porque assumiu a responsabilidade técnica do suposto estudante.

O presidente do Conselho Regional de Educação Física da 8ª Região (CREF8), Jean Carlo Azevedo, alerta que qualquer cidadão pode denunciar o exercício ilegal da profissão, pelo (92) 98445-4279, ou fiscalização@cref8.org.br e pelo número 3234-8234.

Veja também

Africano é preso após aplicar golpe de R$ 40 mil em corretor. Ele disse que “multiplicariaR... Africano Mohamadi Sawadogo disse para vítima que conseguiria triplicar o dinheiro usando processo químico. Ao receber pacote, corretor ganhou notas de papel cortadas no lugar de dinheiro. Foto: Divulgação O africano Mohamadi Sawadogo, 36, foi preso em flagrante após apli...
Dono de oficina em Flores é preso por negociar carros que clientes deixavam para consertar Francisco Braga foi denunciado por clientes, que deixavam carros para arrumar na oficina. Ele foi acusado de negociar, sem consentimento, venda de automóveis para terceiros. Foto: Divulgação Francisco Braga Matos Júnior, 36, foi detido em cumprimento a mandado de prisão ...
“Lobo Mau” é preso por homicídio qualificado. Vítima foi morta por disputa de ponto de t... Jandeilson, o "Lobo Mau", tinha rixa com a vítima por disputa de tráfico de droga no bairro Dom Pedro. Foto: Robson Adriano/ PC-AM Jandeilson Moura dos Santos, 26, o "Lobo Mau", foi detido em cumprimento a mandado de prisão temporária pelo homicídio qualificado do comerc...
Homem é preso com 10 kg de maconha debaixo da cama. Ele disse que encontrou mala e guardou para o do... Durante diligência de policiais, Ary acabou sendo preso por tráfico de drogas na Cidade de Deus, com 10 kg de maconha. Foto: Divulgação Ary José Lopes Almeida, 22, foi preso em flagrante por tráfico de drogas na Cidade de Deus, zona Norte de Manaus, nesta terça-feira (24...
Universitária de Direito aplicava golpe para vender casas da Suhab, faturando R$ 50 mil em três mese... Shirlane dos Santos foi presa em flagrante quando ia receber R$ 2 mil de uma vítima que compraria casa da Suhab. Foto: Divulgação PC-AM A estudante universitária de Direito Shirlane dos Santos Felício, 32, foi presa em flagrante pelo crime de estelionato. Ela se passava ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook