Arthur afirma que candidaturas paulistas à Presidência da República podem afastar o eleitor das urnas

Candidaturas paulistas à Presidência podem afastar eleitor

Candidaturas paulistas à Presidência podem afastar eleitor, para Arthur Virgílio, adversário do governador paulista Geraldo Alckmin pela indicação tucana

Em entrevista ao Diário do Grande ABC, em São Paulo, o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio reafirmou a disposição para disputar prévias internas no PSDB para a Presidência da República contra o governador de São Paulo e presidente nacional da sigla, Geraldo Alckmin.

Arthur destacou ao jornalista Humberto Domiciano que a escolha de seu nome para a concorrência do Planalto poderia “juntar novamente São Paulo ao Brasil”. Para ele, candidaturas paulistas ao Planalto podem afastar o eleitor das urnas.

“Precisamos dar um golpe na desigualdade regional e falar por todas as regiões. Neste novo pacto, queremos que São Paulo seja parceiro e que não seja mais um algoz. Nas últimas quatro eleições, com exceção do Aécio (Neves, senador mineiro), tivemos três candidatos paulistas pelo PSDB. Isso cria uma certa ojeriza no País e as pessoas começam a parar de querer participar disso”, defendeu.

 

Prévias dia 4 de março

As prévias tucanas estão marcadas para o dia 4 de março e, sobre o processo, Virgílio acredita que o PSDB precisa reconhecer erros e dialogar com a população. “O partido não está bem, temos que reconhecer isso. Havia um certo orgulho, vaidade e falta de humildade. A realidade mostrou algo diferente e o partido reúne mazelas. Por exemplo, não fui consultado sobre como seriam as prévias e a gente vê como é complicado governar desse jeito. As ruas não estão felizes com esses métodos, que dizíamos estar substituindo”, prosseguiu.

Na entrevista, Arthur voltou a afirmar que está mais preparado do que Alckmin para a disputa presidencial. “A ideia é fazer o partido falar a verdade, disputar e ganhar eleições. Acho que o ex-presidente Lula (PT) tem que ser julgado, não quero pressões, nem a favor nem contra isso. Quero também repetir no Brasil o desempenho que tenho em Manaus, que tem contas fiscais boas e a melhor Previdência pública do País”, pontuou.

 

PUBLICIDADE
Veja também
1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Katia Santana disse:

    Faz-me rir…Arthur achar q tem chances…nenhum do PSDB…se o pregeito de São Paulo for candidato…pode até ser …pois tem um respeito nacional vive as custas do própio dinheiro como empresário e não…fez fortuna em carreira política….só acho!