Segunda-feira, 23 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

Maioria do STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes votou a favor da restrição ao foro privilegiado> Foto Antonio Cruz – Agência Brasil

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23) a favor da restrição ao foro privilegiado para deputados e senadores. Até o momento, sete dos 11 integrantes da Corte se manifestaram a favor a algum tipo de restrição na competência do tribunal para julgar crimes praticados por deputados e senadores. Os demais ministros devem votar após o intervalo da sessão.

Para os ministros, deputados federais e senadores somente devem responder a processos no STF se o crime for praticado no exercício do mandato. Na sessão desta tarde, votaram os ministros Alexandre de Moraes, que havia pedido vista do processo, Edson Fachin e Luiz Fux.

Antes da interrupção, Barroso votou a favor da restrição ao foro privilegiado para autoridades. De acordo com Barroso, os detentores de foro privilegiado, como deputados e senadores, somente devem responder a processos criminais no STF se os fatos imputados a eles ocorrerem durante o mandato. Os ministros Marco Aurélio, Rosa Weber e Cármen Lúcia acompanharam o relator.

O caso concreto que está sendo julgado envolve a restrição de foro do atual prefeito de Cabo Frio (RJ), Marcos da Rocha Mendes. Ele chegou a ser empossado como suplente do deputado cassado Eduardo Cunha, mas renunciou ao mandato parlamentar para assumir o cargo no município. O prefeito responde a uma ação penal no STF por suposta compra de votos, mas, em função da posse no Executivo municipal, o processo foi remetido para a Justiça.

Veja também

Ministro Fachin nega liminar contra eleição de Lafayette Vieira Júnior para corregedor do TJAM Fachin negou liminar que pedia para suspender efeitos da votação que elegeu desembargador Lafayette para Corregedoria-Geral da Justiça do Amazonas. Foto: Raphael Alves/ TJAM O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou liminar que pedia para suspender ...
MPF pede desarquivamento de inquérito contra senadores Eduardo Braga e Omar Aziz Procuradora Raquel Dodge questiona arquivamento pelo STF de inquérito contra senadores do Amazonas. No agravo regimental, a PGR pede que seja reconsiderada a decisão monocrática do ministro Alexandre de Moraes. Foto: Arquivo A procuradora-geral da República, Raquel Dodge...
Para STF, guardas municipais podem portar armas de fogo no trabalho e na folga O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu que integrantes de todas as guardas podem portar arma de fogo no trabalho e de folga. Foto Antonio Cruz / Agência Brasil O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu que ...
MP recomenda prefeito de Maués a coibir nepotismo com afastamento imediato de parentes MPE expediu recomendação para coibir a prática de nepotismo na prefeitura de Maués. Foto: Divulgação O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Maués, expediu recomendação para coibir a prática de nepotismo na prefeitura do ...
Fato ou Boato? Justiça do AM peita STF e transforma comissários em delegados. Boato. Veja explicação... Fato ou Boato? Justiça do AM peita STF e traz de volta delessários? Boato. Advogado mostra que decisão de juíza amazonense contempla aprovados em concurso de delegado O Governo do Amazonas está obrigado a nomear um grupo de 53 delegados aprovados no concurso de 2001. A d...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook