Grupo criminoso é preso por envolvimento em casos de decapitação em Manaus

Foto: Divulgação

Um grupo de homens foi preso na manhã desta quinta-feira (4) no bairro Antônio Aleixo, zona leste de Manaus. A prisão decorreu de uma operação realizada pela 28ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Os 7 presos são suspeitos de envolvimento com casos de decapitação. Uma das vítimas seria Sândalo Rebouças Marinho, 19, que foi sequestrado no último domingo (31) no beco Buriti, no mesmo bairro onde a operação aconteceu.

Um vídeo divulgado nas redes socais mostra Sândalo já morto tendo sua cabeça cortada com uma faca. As imagens chegaram até a família da vítima.

Segundo a polícia, os criminosos queriam capturar o irmão de Sândalo, mas não o encontraram e decidiram levar o jovem no lugar. A ação seria uma retaliação pela morte de Luciano Barbosa, vulgo “L7”, filho do traficante Zé Roberto da Compensa.

O capitão Thiago Dantas relatou que os 7 suspeitos foram encontrados na mesma casa juntamente com entorpecentes e dois simulacros de arma de fogo. As investigações sobre o caso ainda estão em andamento.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.