Bolsonaro leva ex-ministra Tereza Cristina na garupa em motociata

Bolsonaro leva ex-ministra Tereza Cristina na garupa em motociata

O presidente Jair Bolsonaro (PL) levou a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina na garupa de sua moto durante uma motociata em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, nesta quinta-feira (30).

O nome de Tereza era defendido por aliados de Bolsonaro ligados ao Centrão como a melhor alternativa para compor sua chapa à reeleição. O presidente, no entanto, anunciou que o ex-ministro da Defesa Walter Braga Netto deve ser seu candidato a vice na disputa.

A avaliação de pessoas ligadas à campanha de Bolsonaro é que Tereza poderia ajudá-lo a romper a resistência entre o eleitorado feminino. Na última terça-feira (28), o Metrópoles revelou uma série de denúncias de assédio sexual contra o então presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o que pode aumentar a aversão das mulheres.

Sonho antigo

Na quarta-feira (29), durante evento no Palácio do Planalto, Bolsonaro disse que andar de moto com a ex-ministra da Agricultura era um sonho antigo.

“Vou realizar um sonho que esperava acontecer há 42 anos. Em 1980, eu [era] 1º tenente [e] servia em Nioaque e a Tereza Cristina passou pela cidade, 42 anos atrás. Eu queria que ela desse uma volta na minha moto lá em Nioaque, não foi possível, mas amanhã vamos em um evento em Campo Grande. Está certo, devidamente autorizado pelo marido e pela primeira-dama, vou levá-la na garupa da minha moto, com destino certo.”

A ex-ministra é pré-candidata a uma vaga no Senado pelo Mato Grosso do Sul.

Em Campo Grande, Bolsonaro participou de um evento de entrega de casas do programa Casa Verde Amarela. Durante a cerimônia, o presidente afirmou que a ex-ministra é “admirada e amada por todos em Brasília” e “foi gigante” durante a pandemia da Covid-19.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.