Parintins tem salão de artes plásticas esperando pelo visitante do Festival Folclórico

O 7º Salão de Artes Parintins em Cores vai reunir mais de 200 obras de artes de mais de 30 artistas plásticos, visuais, fotógrafos, escultores e artesãos. Foto: Peta Cid

Parintins (AM) – A arte impressionista, realista, abstrata e contemporânea, destacando tendências e estilos modernos ganha destaque no 7º Salão de Artes Parintins em Cores, que vai reunir mais de 200 obras de artes de mais de 30 artistas plásticos, visuais, fotógrafos, escultores e artesãos.

A exposição será aberta a partir de terça-feira, 21, às 18h, no Salão Paroquial e Centro Social da Catedral de Nossa Senhora do Carmo.

Assinada pelo Coletivo Parintins em Cores, criado pelos artistas visuais Afonso Filho, Josinaldo Matos e Arildo Mendes em 2016, este ano, a exposição do Salão de Artes Parintins em Cores foi aprovada pelo edital público n° 07/2021/ Prêmio Amazonas Criativo, do Governo do Estado do Amazonas.

A exposição será aberta a partir desta terça-feira, 21, no Salão Paroquial e Centro Social da Catedral de Nossa Senhora do Carmo. Foto: Peta Cid

Ficarão expostas até 28 de junho pinturas em telas, fotografias, esculturas, entalhes, artesanato, desenhos e uma grande variedade de obras produzidas pelos artistas parantinenses.

O coordenador do Salão de Arte Parintins em Cores, Josinaldo Matos, está otimista com o evento e salienta a visibilidade que o artista parintinense vem conquistando. “Estamos voltando de forma muito positiva depois de vários projetos aprovados e com a arte parintinense colorindo os murais da cidade”, comemorou, salientando a grande procura por obras de todos os estilos.

Foto: Peta Cid

A exposição deveria estar funcionando desde o dia 18, porém o grande volume de trabalho tanto nos bumbás, quanto nos murais ocasionou um adiamento. Mas, segundo Josinaldo, depois de um período de pandemia e com tantos projetos, os artistas estão colhendo frutos de suas obras, conquistando espaços e assegurando renda.

Foto: Peta Cid

Com a expectativa do grande público esperado na cidade esta semana de Festival Folclórico, os artistas esperam por um ótimo faturamento na comercialização de suas obras.

Por Peta Cid

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.