Dia do Orgulho Nerd é celebrado em ambientes corporativos

O Dia do Orgulho Nerd faz referência ao livro “O Guia do Mochileiro das Galáxias” e à estreia do primeiro filme da franquia “Star Wars” (foto). Foto: Divulgação

“Em caso de viagem interestelar, não entre em pânico: quebre o vidro!” Quem já ouviu essa frase em algum lugar é suficientemente nerd para saber que nesta quarta-feira, 25 de maio, comemora-se o Dia do Orgulho Nerd, ou Dia da Toalha. O que parece ser uma referência muito específica, na verdade, diz respeito ao livro “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, romance de ficção científica publicado em 1979, pelo escritor britânico, Douglas Adams. O livro e o autor foram inspiração para criar essa data que se celebra a cultura geek por fãs do mundo inteiro.

Um deles é o analista de testes da Fundação Desembargador Paulo Feitoza (FPFtech), Uilhans Oliveira, de 26 anos. Ele complementa que, além da data fazer menção ao livro, também relembra a estreia do primeiro filme da franquia “Star Wars”, da qual Uilhans também é fã.

“Me considero um sim. Após a morte de Douglas Adams, uma data especial subsequente foi 25 de maio, cujo ano de 1977 estreou o primeiro ‘Star Wars’. Por causa do ‘Star Wars’ e querer fazer um sabre de luz que cursei Engenharia da Computação”, brinca.

Mas os mais desavisados, ou avessos à cultura nerd, podem estar se questionando: “Ok, mas onde entra a toalha?”

Mais uma referência nerd. Na trama, o tal Mochileiro das Galáxias aponta a toalha como o objeto mais indispensável para quem quer fazer uma viagem intergalática pelo espaço-tempo. Isso porque ela pode ser usada “como agasalho”; pode “deitar-se sobre ela”; “dormir debaixo dela”; dá para “usá-la como vela para descer numa minijangada”; “umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo”; “enrolá-la em torno da cabeça”, “agitá-la para pedir socorro” e “enxugar-se”. Essa descrição também nomeia o Dia do Orgulho Nerd, como o Dia da Toalha, ou Towel Day, celebrado no mundo inteiro.

FPFtech

E falando em nerds, engana-se quem os associa aos clássicos estereótipos presentes dos filmes de quem cresceu nos anos 80, 90 e 2000. Muitos já distantes dos óculos, dos aparelhos ortodônticos e das escolas, estão protagonizando grandes conquistas no promissor mercado da tecnologia.

Na FPFtech, instituição privada sem fins lucrativos que propõe soluções tecnológicas inovadoras, a data foi comemorada com a Nerd Party, no final de abril. Essa festa, realizada há 9 anos, reflete a cultura organizacional da FPFtech de promover um ambiente de trabalho leve e descontraído, com um tema que tem tudo a ver com as características dos seus colaboradores, apelidados internamente de techers.

Uilhans, que foi trabalhar neste dia 25 de maio com uma toalha – como manda o roteiro -, conta que assim que chegar em casa, deve reassistir o filme adaptado do livro. Para ele, cultura nerd e sua área de atuação têm tudo a ver uma com a outra e conclui:

“O comportamento nerd é gostar de jogos e filmes, que geralmente falam sobre ficção científica, logo, trazendo isso mais pra vida real é voltada para a área de tecnologia e afins. Orgulho de ser nerd é sobre tudo que se aprende dentro desse universo. Ser nerd é gostar da cultura, questionar e inovar.”

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.