Documentário sobre o Greenpeace, que completa 50 anos em 2021, é exibido pelo Curta!On

Com o passar dos anos, o Greenpeace foi se tornando propulsor de uma mentalidade que entende melhor a importância da preservação do meio ambiente. Foto: Divulgação

“Você está com o arpão ou está com a baleia? De que lado você está?”, indaga o ativista do Greenpeace Brian Fitzgerald, em depoimento ao cineasta francês Thierry de Lestrade. A organização — que, em 2021, completa 50 anos de existência — é uma das mais respeitadas do mundo, mas nem sempre foi assim.

O longa “A História do Greenpeace”, que estreou com exclusividade no Curta!On — o novo clube de documentários do Now, da Claro/Net —, conta como tudo começou, na década de 1970, até os dias atuais. O filme, dirigido por Lestrade, é repleto de imagens de arquivo e inclui entrevistas de integrantes do grupo, vários deles ativos desde sua fundação.

No início, o Greenpeace se resumia a um pequeno grupo de hippies canadenses liderados pelo ativista Bob Hunter, que tinha o objetivo de lutar pela paz e pela causa ambiental. Já nos primeiros anos, conseguiram a adesão de pessoas de diversos países, adquiriram seus primeiros barcos e consolidaram a estratégia de chamar atenção para onde ocorriam os crimes ou ameaças ambientais, registrando imagens chocantes que eram veiculadas pela imprensa. No documentário, muitas dessas imagens históricas são apresentadas.

Vários integrantes do grupo estão ativos desde sua fundação, na década de 1970. Foto: Divulgação

Com o passar dos anos, e após muitas campanhas bem-sucedidas, o Greenpeace foi se tornando propulsor de uma nova mentalidade, que entende melhor a importância da preservação do meio ambiente. Hoje, a organização conta com escritórios em 55 países e milhões de membros espalhados pelo mundo, e encara o desafio de disseminar suas campanhas através das redes sociais e de plataformas como o YouTube.

Foram muitas as lições trazidas pelos 50 anos de atividade do Greenpeace. E, para as gerações futuras, Bill Darnwell, membro do Greenpeace desde 1971, deixa seu recado: “Conecte-se com o que importa para você e com quem você é, e vá mudar o mundo”.

No dia 12 de fevereiro, o documentário também estreia no canal Curta!, e poderá ser visto nos canais 556 da Net/Claro TV, 75 da Oi TV e 664 da Vivo Fibra, além de em operadoras associadas à NeoTV.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.