Campanha entrega 300 cestas básicas na RDS Rio Negro. Saiba como ajudar

Campanha entrega 300 cestas básicas para comunidades da RDS Rio Negro. Foto: Divulgação/Sema

Uma ação conjunta garantiu a distribuição de 300 cestas básicas e máscaras protetoras para comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Rio Negro, no domingo (24/5). A doação tem como objetivo amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus nas populações tradicionais que residem em Unidades de Conservação (UC) estaduais. Mais nove comunidades serão beneficiadas. Saiba como ajudar.

A arrecadação de alimentos faz parte da campanha solidária promovida pela Associação das Comunidades Sustentáveis (ACS), da RDS Rio Negro, em parceria com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e a Escola Nossa Senhora das Graças (Gracinha), localizada em São Paulo.

Esta é a primeira etapa de entrega de cestas básicas aos moradores da RDS Rio Negro. Ao todo, dez comunidades foram beneficiadas pelas doações de alimentos, máscaras e cartazes informativos sobre o novo coronavírus. Segundo o gestor da RDS Rio Negro, Miquéias Santos, outras nove comunidades, localizadas em outra Unidade de Conservação, também irão receber o auxílio da campanha da ACS na segunda etapa.

“A Sema faz a gestão de 42 áreas protegidas estaduais, entre elas, está a RDS Rio Negro, que tem o turismo de base sustentável como uma das principais fontes de renda da população local. Infelizmente, o coronavírus teve um grande impacto nas famílias que vivem desta atividade. Contamos com o apoio de várias instituições, como o Colégio Gracinha, que sempre traz estudantes de São Paulo para um intercâmbio turístico na RDS”, destacou o gestor da RDS Rio Negro.

De acordo com o presidente da ACS, Viceli Siqueira da Costa, as doações são fruto de uma vaquinha on-line criada pela associação. A meta é arrecadar outras 700 cestas básicas, que irão beneficiar cerca de mil famílias da região.

“Uma das principais preocupações que temos é não deixar o vírus chegar em nossas comunidades. É um momento de união e muitas famílias ribeirinhas precisam de alimentos e material de limpeza neste período de pandemia. Se vocês puderem ajudar com qualquer valor, nós compraremos cestas básicas para essas pessoas. Tudo será feito com transparência e responsabilidade. Esta ação é uma forma de auxiliar quem mais está sendo afetado, contribuindo para que os ribeirinhos fiquem em suas casas, se protegendo desta doença”, afirmou Viceli.

Vaquinha on-line

A Associação das Comunidades do Rio Negro continua com a arrecadação on-line. A meta é angariar R$ 50 mil para a compra de mais cestas básicas para duas Unidades de Conservação do estado.

O link para doação é https://abacashi.com/p/cestas-basicas-para-comunidades-do-rio-negro-ma.

Plantação de mudas nativas

Além de ajudar diretamente o povo que cuida da floresta, o doador também pode contribuir com o reflorestamento da Amazônia. A cada R$ 50 doados, a ACS plantará mudas nativas da região em áreas degradadas.

“A ideia de plantar mudas nativas veio para ajudar a diminuir a extração ilegal de madeira. Sabemos que muitos serradores estão aproveitando o momento para extrair o nosso maior tesouro: a árvore. Vamos reflorestar aquilo que foi retirado durante o coronavírus e ajudar a Reserva”, explicou o presidente da ACS.

PUBLICIDADE
Veja também
Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.