Defesa Civil e Semasth remanejam famílias de área de risco em Parintins

A Semasth fez o acompanhamento durante o remanejamento habitacional.  Foto: Divulgação

A Prefeitura de Parintins, por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, em ação conjunta com a Secretaria Municipal Assistência Social, Trabalho e Habitação (Semasth), executou a retirada de três famílias da área de risco situada no final da Avenida Armando Prado, no bairro São Benedito, na tarde desta quinta-feira, 12 de julho.

A Defesa Civil, devido à constatação do agravamento da erosão fluvial em parte da via pública, deu o aval para a medida emergencial de remanejamento, ao diagnosticar a ameaça de um desbarrancamento súbito e de grandes proporções no perímetro.

A iminência de um desbarrancamento maior levou a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, formada pelo coordenador Samuel Reis e equipe, a tomar a decisão da retirada das famílias residentes no local há décadas, com todo o apoio da Semasth. “Esse trecho da Rua Armando Prado está comprometido e por isso é uma área de risco, porque sofre um processo de desbarrancamento provocado pela erosão fluvial progressiva. A tendência é que essa situação só vá piorar e a Defesa Civil, por orientação do prefeito Bi Garcia, adotou essa medida emergencial para proteger vidas”, afirma o chefe operacional da Defesa Civil, Adilson da Silva.

A Semasth fez o acompanhamento durante o remanejamento habitacional. A assistente social Joelilce Trindade visitou as residências ameaçadas pelo desbarrancamento, mostrando os riscos sofridos e dando o suporte na parte de aluguel social para as famílias retiradas da área de risco e, por consequência, terem onde morar até a solução do problema na via pública. O entorno desta rua já se encotra em um projeto da Prefeitura para um muro de contenção, que evitará futuros desastres naturais, dando o retorno da normalidade das famílias afetadas.

Veja também
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *