21º Festival Amazonas de Ópera chega ao interior neste fim de semana

Fotos: Michael Dantas/ SEC

Neste fim de semana, o 21º Festival Amazonas de Ópera (FAO) chegará ao interior do Estado, com apresentação de “Recitais Amazônicos” – formados por obras de compositores amazonenses – em Manacapuru, Novo Airão e Cacau Pirera. O acesso será gratuito. O FAO 2018 é uma realização do Governo do Amazonas com patrocínio do Bradesco Prime – que celebra 10 anos de parceria com o festival –, incentivo do Ministério da Cultura (Minc) por meio da Lei Rouanet; além do apoio da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC) e da Aliança Francesa.

Para começar, nesta sexta-feira (18/05), às 20h, haverá “Recital Amazônico” na Praça do Riachuelo, em Manacapuru, com participação de sete artistas: Katia Freitas (soprano), Marinete Negrão (mezzo-soprano), Yana Stravaganzzi (mezzo-soprano), Miquéias William (tenor), Josenor Rocha (barítono), Roberto Paulo (baixo) e André dos Santos (piano).

No programa, formado por obras de compositores amazonenses, as canções “Uirapuru” e “Minha terra”, de Pedro Amorim, e “A frase que eu queria dizer”, de Arnaldo Rebello, serão interpretadas por Kátia Freitas; “Noite errante” e “O pranto do mar”, de Pedro Amorim, por Yana Stravaganzzi; “Pregão do amor” e “Balada da flor da terra”, de Claudio Santoro, por Marinete Negrão; “Toada do canoeiro” e “Canta o Uirapuru”, de Lindalva Cruz, por Miquéias William; “Encantamento” e “A Yara”, de Pedro Amorim, por Josenor Rocha; “Curupira”, de Pedro Amorim, e “Em algum lugar”, de Claudio Santoro, por Roberto Paulo.

No sábado (19/05), Novo Airão receberá o Recital Amazônico, às 19h, na Praça do Dinossauro, com Roberto Paulo (baixo), Elane Monteiro (soprano), Carolina Mendonça (soprano), Raquel de Oliveira (mezzo-soprano), Humberto Vieira (tenor), Josenor Rocha (barítono), Roberto Paulo (baixo) e André dos Santos (piano).

No programa, canções como “Cantigas praianas n° 2”, de Nivaldo Santiago, e “Perfume”, de Pedro Amorim, na voz de Elane Monteiro; “Noite sem caminhos” e “Luar do meu bem”, de Claudio Santoro, interpretada por Carolina Mendonça; “Toada Baré”, de Arnaldo Rebelo, e “Ouve o silêncio”, de Claudio Santoro, por Raquel de Queiroz; “Mani Mani”, de Arnaldo Rebello, interpretada por Raquel de Queiroz e Humberto Vieira; “Amor em lágrimas” e “Acalanto da Rosa”, de Claudio Santoro, por Humberto Vieira; “Encantamento” e “A Yara”, de Pedro Amorim, interpretadas por Josenor Rocha; “Curupira”, de Pedro Amorim, e “Em algum lugar”, de Claudio Santoro, por Roberto Paulo.

No domingo (20/05), será a vez de Cacau Pirera receber a programação do FAO 2018. A apresentação será na Escola Senador João Bosco, às 17h. O recital será o mesmo apresentado em Manacapuru.

A última apresentação no interior será no dia 26, às 19h, na Praça dos Três Poderes, em Iranduba. O programa será o mesmo do recital de Novo Airão.

 

Talentos do Amazonas

Um dos solistas do recital, o tenor Miquéias William destaca o resgate dos compositores amazonenses e a importância de levar os recitais aos municípios. “Neste ano, o festival está muito especial, garantindo o acesso a todos. Estamos indo ao encontro das pessoas e os recitais amazônicos são um resgate e uma exposição para a população conhecer os valores da nossa terra, esses compositores maravilhosos como Lindalva Cruz e Claudio Santoro”, comenta. “Faço votos que possamos cada vez mais expandir a ação para outros municípios, para que mais pessoas possam conhecer os grandes talentos e as belas vozes do Amazonas”.

Miquéias, que morou em Manacapuru, diz que está na expectativa para se apresentar no município. “Nasci em Manaus, mas morei muito tempo em Manacapuru, e voltar para a minha cidade, onde ainda está parte da minha família, é emocionante! Cantar para os meus ex-alunos de Coral também vai ser maravilhoso, um incentivo para eles que vão ouvir esses cantores líricos da nossa terra, todos de altíssimo nível, como Josenor, Yana, Kátia, Roberto e Marinete”, pontua.

Festival Amazonas de Ópera

Neste ano, o Festival conta com a apresentação de cinco óperas: “Faust”, “Dessana Dessana”, “Florencia en el Amazonas”, “Acis and Galatea” e a estreia mundial “Kawah Ijen (Vulcão azul)”. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do Teatro Amazonas e no site www.aloingressos.com.br, com valores que vão de R$ 5 a R$ 60.

Durante a temporada de ópera, também acontecerão atividades paralelas nos centros de convivências, shoppings, nos municípios de Manacapuru, Iranduba (no distrito do Cacau Pirera) e em Novo Airão; além do “Ópera Delivery”, que levará sessões exclusivas de trechos de obras à casa dos amazonenses, e do projeto “Ópera Studio”, da Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que apresentará “La Boheme”, de Giacomo Puccini, no Teatro da Instalação.

 

Serviço:

Recitais Amazônicos no interior

Data/hora/local: Dia 18 (sexta), às 20h, em Manacapuru; dia 19 (sábado), às 19h, em Novo Airão; dia 20 (domingo), às 17h, no Cacau Pirera; dia 26 (sábado), às 19h, em Iranduba

Acesso: Gratuito

Comentários
Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *