Terça, 17 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

Prefeito de Carauari é denunciado por contratação de médicos sem registro no CRM

MPC-AM entrou com representação junto ao TCE, com pedido de liminar, contra o prefeito de Carauari, por improbidade administrativa. Foto: Divulgação

A Coordenadoria de Saúde e Meio Ambiente do Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM) ingressou com uma representação junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), com pedido de cautelar, contra o prefeito de Carauari, Bruno Luiz Litaiff Ramalho, em razão de graves indícios de improbidade administrativa referentes à contratação de médicos sem registro no Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam).

Na representação, ingressada após denúncia recebida do Cremam, o MPC-AM pede a imediata suspensão das atividades e dos pagamentos realizados aos cinco profissionais de saúde contratados ilegalmente para o exercício da Medicina.

Sem registro

“Na denúncia consta que existem profissionais de saúde atuando como médicos no município sem, contudo, atenderem aos requisitos legais, notadamente o registro de inscrição no Cremam nem, tampouco, constam seus nomes relacionados no Sistema de Gerenciamento de Programas do Programa Mais Médicos, a caracterizar na conduta dos ora denunciados “exercício ilegal da Medicina””, afirmou o MPC-AM na representação.

O MPC-AM pede, ainda, que o Tribunal oficie o Ministério Público do Estado para apuração e tomada de providências que entender cabíveis.

Acesse a Representação na íntegra.

Veja também

Adolescente é encontrado enforcado dentro de centro socioeducativo na Cidade Nova Adolescente cumpria pena no centro desde fevereiro pelo crime análogo a latrocínio. Ele era natural de Carauari. Foto: Arquivo O adolescente Joabe Glória da Glória, 15, foi encontrado morto por estrangulamento nesta terça-feira (17), no Centro Socioeducativo Senador Raim...
Concurso da Seduc deve ser suspenso até não restar dúvida sobre lisura, recomenda MP e MPC MPC e MP recomendaram suspensão do concurso até que não exista mais dúvida sobre lisura no processo. Foto: Divulgação O Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM) e o Ministério Público do Estado (MPE-AM) fizeram uma recomendação conjunta ao secretário de educação...
Ex-prefeito de Barreirinha vai responder por improbidade administrativa MPF ingressou com ação de improbidade administrativa contra ex-prefeito de Barreirinha e ex-secretário. Foto: Arquivo O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ingressou com ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Barreirinha (distante 331 quilôme...
Juiz condena ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, por improbidade. Mesmo magistrado pediu afastamen... Para juiz de Coari, Adail Pinheiro, "demonstrou não ter zelo necessário para gerir o patrimônio público, agindo de forma arbitrária na contratação” de vigia sem concurso público. O juiz André Luiz Muquy, titular da 2ª Vara da Comarca de Coari, condenou o ex-prefeito do M...
Juiz dá prazo para prefeito de Coari se afastar do cargo Segundo MP, prefeito não tem respondido a ofícios e requisições quanto a informações públicas. Juiz acatou pedido de urgência onde prevê afastamento do cargo em caso de recusa. Foto: Divulgação O juiz André Luiz Muquy, da 2ª Vara da Comarca de Coari, determinou a entrega...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook