Terça, 19 de junho de 2018

No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas, diz IBGE

No Brasil, segundo pesquisa nacional, hoje existem 26,8 milhões de pessoas sem trabalho adequado. Foto: Divulgação

A taxa de subutilização da força de trabalho no país ficou praticamente estável no terceiro trimestre do ano, fechando em 23,9% do mercado de trabalho – crescimento de apenas 0,1 ponto percentual frente aos 29,8% relativos ao segundo trimestre.

Os números, no entanto, significam que ainda representa 26,8 milhões de pessoas sem trabalho adequado no país. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados hoje (17), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Força de trabalho

A taxa de subutilização, segundo os parâmetros do IBGE, agrega a população desocupada, os subocupados por insuficiência de horas e os que fazem parte da força de trabalho potencial.

Deste total apurado pelo IBGE, 18,5% (o equivalente a 19,2 milhões de pessoas) diziam respeito à taxa combinada de subocupação por insuficiência de horas trabalhadas e desocupação (pessoas ocupadas com uma jornada de menos de 40 horas semanais, mas que gostariam de trabalhar em um período maior, somadas às pessoas desocupadas).

Em relação ao segundo trimestre, essa taxa combinada mostrou estabilidade, uma vez que equivalia a 18,6% do total da força de trabalho. Quando a comparação se dá com o 3º trimestre de 2016, de 16,5%, há um aumento da taxa de 2,1 pontos percentuais.

Maiores e menores

No terceiro trimestre de 2017, as maiores taxas foram verificadas na Bahia (30,8%), no Piauí (27,7%), em Sergipe (25,2%), no Maranhão (24,9%) e em Pernambuco (24,5%).

As menores taxas foram registradas em Santa Catarina (8,9%), no Mato Grosso (12,0%), em Rondônia (12,2%), no Mato Grosso do Sul (12,8%), Paraná (13,0%) e Rio Grande do Sul (13,0%).

Veja também

Indústria brasileira cresce 0,8% de março para abril Crescimento da produção da indústria brasileira, entre março e abril, foi de 0,8%. Foto: Divulgação A produção industrial brasileira teve um crescimento de 0,8% de março para abril deste ano, segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), divulga...
Mais de 10 mil demissões em abril de 2018 são registradas no AM, aponta Caged Trabalhadores recepcionados pelo Sine Manaus também poderão participar dos cursos. Foto: Divulgação O Ministério do Trabalho divulgou na sexta-feira (18) que 10.296 demissões foram registradas no Amazonas durante abril de 2018. Durante o mês, ocorreram 10.063 admissões, ...
Quase 28 milhões de trabalhadores estão subutilizados no Brasil, aponta IBGE Comércio ilegal próximo ao Mercado Adolpho Lisboa. Foto: Semcom. A taxa de subutilização da força de trabalho no Brasil atingiu um nível recorde no primeiro trimestre de 2018, informou hoje (17), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Acrescentou que 2...
Saiba quais vagas de emprego estão abertas para trabalhadores com ou sem experiência profissional e ... Há várias vagas de emprego que ainda não foram preenchidas. Foto: Divulgação No início da semana, a Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) anunciou a oferta de vagas de emprego para trabalhadores com ou sem experiência profissional, além de oportunidades para pessoas co...
Produção industrial no Amazonas tem alta de 2,6%, segundo IBGE Produção industrial de fevereiro para março teve alta de 2,6% no Amazonas, segundo IBGE. Foto: Arquivo A produção industrial de fevereiro para março deste ano teve alta na produção de 2,6% no Amazonas, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook