Quinta-feira, 19 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

Ari Moutinho recebe Medalha de Ouro Cidade de Manaus da Câmara e propõe Pacto pelo Amazonas

Foto: Robervaldo Rocha – CMM

Ao ser homenageado na manhã desta quinta-feira (9), com a medalha de ouro Cidade de Manaus, maior comenda concedida pelo legislativo municipal, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Ari Jorge Moutinho da Costa Júnior, propôs que as diferentes correntes políticas do Estado somem esforços no sentido de firmar um Pacto pelo Amazonas.

“O Amazonas pertence a todos nós. Do jeito que vai não vamos conseguir melhorar o Estado. Me emociono ao ver diversas correntes partidárias, independente de vencidos e vencedores, é preciso discutir a cidade. Precisamos ter o compromisso, os que aqui nasceram e tiveram a opção de criar os filhos, e sonhar com dias melhores. Nosso IDH deixa a desejar, os empregos nos concursos públicos são ocupados por pessoas de fora, com melhor grau de instrução. Convido as cabeças pensantes do Estado a rediscutir o Amazonas, um pacto com metas para daqui a 10, 15 anos”, destacou Ari Moutinho, durante discurso.

O evento de homenagem ao presidente da Corte de Contas reuniu representantes de diferentes correntes partidárias, como o prefeito em exercício Marcos Rotta (PSDB), o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), o vice-governador do Estado, Bosco Saraiva (PSDB), o ex-deputados estadual e candidato a vice-governador nas eleições suplementares deste ano Marcelo Ramos (PR), além, de ex-vereadores, ex-secretários de Estado e dezenas de outras autoridades civis e militares do Estado.

Ari Moutinho destacou a necessidade do Pacto ao citar reportagem desta semana da Revista Veja que, ao apontar as 50 melhores escolas do País com melhor pontuação no Enem, nenhuma instituição da Região Norte aparece como destaque. “Vamos nos doar um pouco mais e falar mais de filantropia, mas no sentido de que eu possa tirar uma tarde da minha sexta-feira e levar conhecimento para uma escola, seja em qual área for, na Matemática, por exemplo”, disse ele ao defender que soluções no combate a violência precisam nascer ainda no âmbito das escolas. “De que adianta, o secretário Bosco Saraiva correr 18, 20 horas por dia para combater o crime organizado se não tiver uma sintonia com a educação de base, será a mesa coisa que enxugar gelo”, destacou.

Ao falar sobre a homenagem na CMM, Ari Moutinho agradeceu pela iniciativa e fez questão de citar nominalmente cada vereador presente a sessão. O conselheiro fez um breve relato das conquistas alcançadas a frente da presidência do TCE-AM, cargo que deixará de exercer em dezembro deste ano com a posse de sua sucessora, conselheira Yara Lins, e fez uma referência especial aos funcionários do Tribunal, procuradores e demais conselheiros.

A propositura que resultou na homenagem ao presidente do TCE-AM, foi subscrita pelo líder do Prefeito na Câmara, vereador Joelson Silva (PSC) e pelo presidente da Câmara, vereador Wilker Barreto (PHS).

Em seu discurso, Joelson relembrou que Ari começou a vida pública na CMM aos 19 anos, quando em 1992 foi eleito o vereador mais jovem do País. “Quero destacar aqui a desenvoltura, habilidade e grande capacidade de articulação na vida pública”, disse o parlamentar.

Wilker Barreto destacou a capacidade de Ari de mediar conflitos.

O pai do homenageado, desembargador Ari Jorge Moutinho da Costa, o prefeito em exercício Marcos Rotta e o vice-governador Bosco Saraiva também discursaram e destacaram a relevância política do trabalho de Ari para a cidade de Manaus e com o Estado.

Veja também

Colegiado do TCE julga convênios ilegais de Rio Preto da Eva com Seduc e da Sejel e instituto TCE julgou ilegais convênios firmados entre a Prefeitura de Rio Preto da Eva e a Seduc; e entre a Sejel e o Instituto Unido pela Amazônia. Foto: Ana Cláudia Jatahy/ TCE-AM O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) julgou, nesta terça-feira (17), ilegais os term...
Ex-prefeitos de Novo Aripuanã recebem multa milionária por irregularidade em contas Colegiado do TCE aplicou multa milionária para dois ex-prefeitos de Novo Aripuanã hoje. Foto: Ana Cláudia Jatahy/ TCE O colegiado do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) desaprovou as contas de 2010 da Prefeitura de Novo Aripuanã e aplicou multa aos ex-prefeitos Hilto...
Em solenidade prestigiada, João Barroso assume o comando do MPC no biênio 2018-2020 João Barroso de Souza assumiu o cargo de procurador-geral do MPC. Foto: Ana Cláudia Jatahy. Aos 40 anos, o procurador de Contas João Barroso de Souza assumiu, nesta segunda-feira (16/07), o comando do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Amazonas (MPC/TCE-AM),...
Ex-prefeito de Barreirinha vai responder por improbidade administrativa MPF ingressou com ação de improbidade administrativa contra ex-prefeito de Barreirinha e ex-secretário. Foto: Arquivo O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ingressou com ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Barreirinha (distante 331 quilôme...
TCE-AM suspende concurso de Manacapuru para 951 vagas e com salários de até R$ 6 mil Conselheiro Júlio Cabral suspendeu concurso público da Prefeitura de Manacapuru. Foto: TCE-AM Em decisão monocrática, o conselheiro Júlio Cabral suspendeu o concurso público da Prefeitura de Manacapuru para o preenchimento 951 vagas, com salário de R$ 954 a R$ 6 mil. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook