Terça, 17 de julho de 2018

Programa Diário da Manhã


Ouvir a Rádio Diário Ao Vivo

TRE-AM encerra pleito com balanço positivo e constrói parâmetros para próximas eleições

Para Tribunal Regional Eleitoral os parâmetros de sucesso e gerenciamento do pleito suplementar será usado nas próximas eleições e servirá de modelo para o resto do Brasil. Foto: PMS

“Mudanças em parâmetros, de segurança da propaganda ilegal e da repreensão de práticas abusivas marcaram este pleito suplementar, inédito no Brasil”. Para o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador Yedo Simões, as eleições terminam com uma expressiva e exitosa parceria com as Forças Armadas e o sistema de segurança do Amazonas, que superaram barreiras quase intransponíveis do território amazonense e suas peculiaridades em termos de distâncias continentais.

“Fizemos uma operação de guerra, fruto da união do TRE com o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) e todos os envolvidos no pleito. Tenho uma satisfação muito grande de presidir quatro eleições, os dois turnos de 2016 e os dois de 2017. Fizemos um modelo para as próximas eleições no Amazonas e para o Brasil”, falou o desembargador.

O procurador do Ministério Público Eleitoral (MPE), Victor Riccely, falou que o dia do eleitor é um dia de plena democracia, parabenizando principalmente o cidadão que saiu de casa para fazer um eleição tão exitosa e tranquila.

Para o diretor geral do TRE-AM, Messias Andrade, a palavra do pleito é a sinergia que possibilitou fazer um trabalho eficaz, que vai culminar com uma totalização célere. “Foi um belíssimo trabalho executado num curtíssimo espaço de tempo, de apenas três meses para montar uma operação que leva mais de 1 ano para ser construída e executada. E agradeço a todos os servidores da Justiça Eleitoral que se dedicaram ao máximo para cumprir a missão institucional de realizar um pleito suplementar seguro e eficaz, com mais de 28 mil voluntários”, disse Messias.

Veja também

Eleições 2018: Prazo para requerer voto em trânsito começa hoje (17/07)   O voto em trânsito pode ocorrer somente em capitais e municípios com mais de 100 mil eleitores. Foto: Reprodução A partir desta terça-feira (17) até o dia até 23 de agosto, o eleitor poderá habilitar-se perante a Justiça Eleitoral para votar em trânsito (fora d...
Combate a fake news é prioridade e TRE-AM instala comitê de repressão a notícias falsas Presidente da corte, desembargador João Simões, explicou que num primeiro momento o comitê terá atuação preventiva por meio de ações de educação eleitoral e ainda atuação repressiva, que se dará por provocação dos juízes para excluir da internet o conteúdo. Foto: Divulg...
Trinta e cinco mil mesários devem ser convocados para as eleições 2018 Foto: Reprodução Para o cargo de mesário durante as eleições de 2018 no estado, cerca de 35 mil pessoas devem ser convocadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM). Somente na capital, mais de 15 mil voluntários devem ser chamados. O processo eleitoral vai...
Justiça Eleitoral é desafiada por fake news. Notícias falsas enganam até o TSE No dia 27 de março, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou em seu portal ter aberto procedimento para investigar a disseminação de notícias falsas na internet. Entre as motivações para a inciativa, o texto citava um estudo da Associação dos Especialistas em Políticas P...
Lei Eleitoral restringe atos do poder público a partir deste sábado, como transferências e propagand... Transferência voluntária de recursos está proibida a partir de hoje devido às eleições de outubro. Foto: Arquivo A transferência voluntária de recursos da União para os estados e municípios, bem como dos governos estaduais aos municipais, está proibida a partir deste sáb...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook