Quarta-feira, 25 de abril de 2018

Morre Oscarino Varjão, criador do Peteleco. Personalidades do AM lamentam perda

Foto: Reprodução

O Amazonas perdeu um de seus maiores símbolos culturais, que divertiu por mais de 60 anos várias gerações de  manauenses. O ventríloquo Oscarino Farias Varjão, de 81 anos, morreu na noite deste domingo (15) após uma outra parada cardiorrespiratória. Ele sofria de câncer e estava internado desde o dia 13 no Hospital 28 de Agosto. A informação é da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas (Susam) e confirmada pelo filho dele, Rafael Varjão em uma rede social.

“É com pesar que informo que meu Pai Oscarino Peteleco veio a falecer no Hospital 28 de agosto.
Desde já quero agradecer à todos que rezaram e torceram pelo seu retorno. Mas infelizmente Deus quis ele ao seu lado.”, disse Rafael.

Na manhã de hoje, o criador do boneco Peteleco e Patrimônio Cultural e Imaterial do Amazonas, teve uma parada cardíaca e estava internado no HPS 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus.

A filha do artista, Carla Tatiana, informou que ele estava internado no hospital desde a última sexta-feira (13) em decorrência de um câncer de estômago. Ainda muito emocionada, ela disse que seu pai sempre foi muito brincalhão, amava seus netos e bisnetos.

“É difícil falar alguma coisa, mas nós filhos e toda família vamos sentir muita saudade dele.”.

Oscarino Varjão deixa esposa e dez filhos. Informações extraoficiais confirmam que o velório poderá ser no Palácio Rio Negro, já que foi disponibilizado pela Secretaria de Cultura.

Velório e enterro

Palácio Rio Negro será o local do velório a partir das 8h. E o enterro será às 16h, no Cemitério São João Batista.

Personalidades comentam perda do artista

Centenas de pessoas lamentaram a morte de Oscarino, entre elas algumas personalidades. O secretário de Estado de Cultura, Denilson Novo falou ao Portal do Marcos Santos sobre essa perda irreparável do Estado.

” É com pesar e o coração apertado que compartilho meus sentimentos pelo falecimento, há pouco, de um dos nossos mais expressivos ícones da arte no Amazonas. Nosso querido Oscarino Varjão se foi. Seu talento atravessou gerações e permanecerá sempre presente em nossas vidas e memórias.Oremos pela partida desse grande artista para os palcos do plano superior e também por todos aqueles que ficam, principalmente seus familiares, amigos e fãs.”.

Raimundo Nunes Mahall, mais conhecido como Kid Mahall, produtor, jornalista e ator amazonense comentou em seu facebook a perda do artista:

“Quando um artista parte para o andar de cima é mais um refletor que se apaga, deixando a nossa cultura mais enfraquecida e sem o brilho do talento baré. Até um dia meu amigo Oscarino.”, disse Mahal.

Rosa Maria Malagueta, atriz, também comentou a morte do amigo e querido artista. “Muito difícil falar sobre a morte dele. Gravamos recentemente um programa para Sabrina Sato. Tô muito triste. Hoje mesmo falei com a filha dele sobre a saúde pedindo ajuda que ele tava internado. Tô arrasada. Que pena que nossos artistas não tem o respeito que merecem.Muita saudade, tristeza e revolta”, desabafou.

Odiney Aguiar, ventríloquo criador do Boneco Luizinho, lamentou não ter feito show com Oscarino.” Ele fez parte da minha infância . Não tive contato direto com ele. Gostaria muito de ter feito show com ele mas não tive a oportunidade.”.

Carla Canori, produtora cultural e amiga da família de Oscarino também fez uma homenagem e falou ao PMS.

“Em um momento em que se tentam a todo custo marginalizar a profissão Artista, afirmo que Oscarino Varjão é uma grande referência de persistência e resistência para todos nós que temos o ofício de trabalhadores da cultura.
A perda caracteriza uma figura que será eterna na irreverência, no riso e na originalidade do artista que esteve à frente de sua época e que faz parte da estória e infância de muitas gerações.
Oscarino & Peteleco para sempre!

Dênis Thaumaturgo, músico e um dos organizadores do Festival do Pirão também compartilhou a perda do famoso ventríloquo.

“Foi uma grande satisfação tê-lo presente na VII Edição do Festival Cultural do Pirão-AM, realizado no conjunto Santos Dumont em 2014. Agradeço imensamente o breve tempo que pude conviver com ele, que será sempre lembrado pelo profissionalismo, talento, sensibilidade e muita alegria!”.

Foto: Reprodução

Internação

A Susam enviou nota informado que o paciente Oscarino Farias Varjão veio a óbito, na noite deste domingo (15) após parada cardiorrespiratória. Portador de Diabetes, Colelitíase, Hipertensão Arterial Sistêmica, sequela de Acidente Vascular Cerebral e asmático, o paciente deu entrada na unidade no último dia 13/04, em estado grave, com histórico de colelitiase, evoluindo com febre, vômitos em casa há sete dias, conforme relato de acompanhante. O HPS 28 de Agosto informa que o paciente recebeu toda a assistência da equipe médica intensivista. Desde que deu entrada, fez várias gasometrias, foram coletados exames laboratoriais, realizados exames de tomografia de abdômen total, Eletrocardiograma e, conforme avaliação médica, seguiu internado com diagnóstico de colelitíase, Abcesso Hepático, Acidente Vascular Encefálico e Hipertensão Arterial, porém não resistiu.

Fama

Em 14 de novembro de 2000 ele e seu boneco “foram entrevistados”no “Programa do Jô”, da Rede Globo.  E na época foi bastante elogiado pelo célebre apresentador.

Em 2016, Oscarino & Peteleco são Patrimônio Cultural Imaterial de Manaus. O ventríloquo chegou a receber uma homenagem e placa de reconhecimento no salão do Teatro Amazonas.

Documentário

Há pouco mais de seis décadas levando alegria ao público amazonense, o ventríloquo Oscarino Varjão e seu inseparável boneco Peteleco viraram tema de documentário. ‘Oscarino & Peteleco’, dirigido pelo cineasta amazonense Anderson Mendes, que foi lançado no Cinemark do Studio 5 Shopping em 2017. O filme foi contemplado no Programa de Apoio às Artes – Proarte 2013, do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

Com duração de 20 minutos, ‘Oscarino & Peteleco’ acompanha toda a preparação da dupla na véspera de uma apresentação no Teatro Amazonas, retratando com sensibilidade a relação entre Oscarino e seu Peteleco ao longo de mais de 60 anos de carreira, ao mesmo tempo em que o ventríloquo revela as memórias do passado e as esperanças e incertezas com relação ao futuro.

Confira o trailer:

Reportagem: Bruna Chagas

 

Veja também

Reajuste salarial dos servidores da saúde pode ser barrado pela legislação eleitoral Deputado David Almeida espera resposta do TRE sobre o reajuste salarial dos servidores da saúde nesta quinta-feira. Foto: Divulgação O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSB), retirou da pauta de votação da sessão desta quar...
Amazonino desarrumou a casa em seis meses. Arthur peita Alckmin. Nejmi deputada estadual Amazonino desarrumou a casa, quando o grande mote de campanha dele foi de que seria a pessoa talhada para arrumá-la Amazonino se elegeu com um mote genial: "Vou arrumar a casa". Convenceu o eleitor, que estava em busca do "novo", que ele era o ideal no momento crítico da...
Paratleta amazonense conquista dois ouros em Mundial de Jiu-jitsu nos Emirados Árabes Foto: Divulgação O paratleta de Jiu-Jitsu, Flávio Leonardo conquistou no último fim de semana (20 e 21/04) duas medalhas de ouro no World Pro Abu Dhabi 2018 de PARAJIUJITSU, no Emirados Árabes, uma pela categoria A e G (amputado) e outro pelo Absoluto. O paratleta, que ...
Homens armados que praticavam arrastões no Parque 10 são presos Foto: Divulgação Dois homens, acusados por moradores de realizarem arrastões no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus, foram presos pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), nesta quarta-feira (25). Policiais realiza...
Jovens são investigados por furto a loja maçônica para ‘ritual satânico’. Veja fotos Foto: Divulgação Dois adolescentes de 17 anos estão sendo investigados por envolvimento em furto ocorrido no dia 24 de março deste ano, em uma loja maçônica situada na rua Sete de Setembro, bairro Centro, no município de Nova Olinda do Norte, distante 135 quilômetros em li...

Um comentário para “Morre Oscarino Varjão, criador do Peteleco. Personalidades do AM lamentam perda

  1. Odilon Andrade disse:

    Por felizes duas décadas residi nessa majestosa Manaus, cidade que hoje carrego no meu coração.Assisti várias vezes espetáculos do Oscarino & Peteleco, que reverencio neste dia de muita tristeza.. É fácil imaginar a tristeza por que passa a Rainha do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook