Quarta-feira, 25 de abril de 2018

Moro decreta prisão de Lula. Ex-presidente tem até as 17h de amanhã para se apresentar

O juiz federal Sérgio Moro determinou há pouco a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Conforme a decisão, Lula terá até as 17h de amanhã (6) para se apresentar à Polícia Federal.

“Relativamente ao condenado e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva,  concedo-lhe, em atenção à dignidade do cargo que ocupou, a oportunidade de apresentar-se voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba até as 17h do dia 06/04/2018, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão”, decidiu Moro.

A medida foi tomada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que negou ontem (4) um habeas corpus protocolado pela defesa para mudar o entendimento firmado pela Corte em 2016, quando foi autorizada a prisão após o fim dos recursos naquela instância. Lula foi condenado a 12 anos e um mês na ação penal do tríplex do Guarujá (SP), na Operação Lava Jato.

Sérgio Moro também determinou à Polícia Federal que não sejam utilizadas algemas em “qualquer hipótese”. O juiz também determinou que Lula terá direito a cela especial.

“Esclareça-se que, em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena, e na qual o ex-presidente ficará separado dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física”, diz o mandado de prisão.

Decisão

Na decisão, Moro explicou que, embora caiba mais um recurso contra a condenação de Lula, os chamados embargos dos embargos, a medida não poderá rever os 12 anos de pena.”Não cabem mais recursos com efeitos suspensivos junto ao Egrégio Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Não houve divergência a ensejar infringentes. Hipotéticos embargos de declaração de embargos de declaração constituem apenas uma patologia protelatória e que deveria ser eliminada do mundo jurídico. De qualquer modo, embargos de declaração não alteram julgados, com o que as condenações não são passíveis de alteração na segunda instância”, explicou.

 

Agência Brasil

Veja também

Reajuste salarial dos servidores da saúde pode ser barrado pela legislação eleitoral Deputado David Almeida espera resposta do TRE sobre o reajuste salarial dos servidores da saúde nesta quinta-feira. Foto: Divulgação O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSB), retirou da pauta de votação da sessão desta quar...
Amazonino desarrumou a casa em seis meses. Arthur peita Alckmin. Nejmi deputada estadual Amazonino desarrumou a casa, quando o grande mote de campanha dele foi de que seria a pessoa talhada para arrumá-la Amazonino se elegeu com um mote genial: "Vou arrumar a casa". Convenceu o eleitor, que estava em busca do "novo", que ele era o ideal no momento crítico da...
Paratleta amazonense conquista dois ouros em Mundial de Jiu-jitsu nos Emirados Árabes Foto: Divulgação O paratleta de Jiu-Jitsu, Flávio Leonardo conquistou no último fim de semana (20 e 21/04) duas medalhas de ouro no World Pro Abu Dhabi 2018 de PARAJIUJITSU, no Emirados Árabes, uma pela categoria A e G (amputado) e outro pelo Absoluto. O paratleta, que ...
Homens armados que praticavam arrastões no Parque 10 são presos Foto: Divulgação Dois homens, acusados por moradores de realizarem arrastões no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus, foram presos pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), nesta quarta-feira (25). Policiais realiza...
Jovens são investigados por furto a loja maçônica para ‘ritual satânico’. Veja fotos Foto: Divulgação Dois adolescentes de 17 anos estão sendo investigados por envolvimento em furto ocorrido no dia 24 de março deste ano, em uma loja maçônica situada na rua Sete de Setembro, bairro Centro, no município de Nova Olinda do Norte, distante 135 quilômetros em li...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook