Quarta-feira, 25 de abril de 2018

Alerta: Amazonas é o 1º do ranking brasileiro em incidência da tuberculose, aponta FVS

O estado do Amazonas ocupa o primeiro lugar no ranking brasileiro em incidência da tuberculose, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS). Somente neste ano, já foram registrados 497 casos da doença em todo o estado, sendo que 370 das ocorrências foram apenas em Manaus. No ano passado, o total de casos ultrapassou 3,1 mil.

Segundo a coordenadora Estadual do Programa de Controle da Tuberculose da FVS, Marlucia Garrido, a doença já foi causadora de muitas mortes no Estado e que até hoje deixa marcas na história do Amazonas.

“Há mais de cem anos a tuberculose é um grave problema no Amazonas, porque desde o início do século passado, ela sempre foi uma das doenças que mais levou à morte à população e continua até os dias atuais. A população tem uma longa história de convivência com a doença e se você fizer uma pesquisa, a maioria das famílias já teve alguém que teve tuberculose, que curou ou que levou a óbito, mas é uma marca muito grande na nossa região”, informou Garrido.

Grupos de risco

Foto: Reprodução

Garrido explica que toda a população está exposta à tuberculose e que, ao contrário do que se pensa, é possível conviver com a bactéria no organismo sem adoecer.

“Toda a população é exposta e a estimativa mundial é que um terço das pessoas no mundo estão infectadas com a bactéria, mas nem todas adoecem. Então, quais são os fatores que levam ao adoecimento? Um sistema imunológico enfraquecido. Enquanto nossas defesas do organismo estiverem funcionando de modo adequado e a gente tem boa saúde, nós podemos conviver com a bactéria no nosso organismo sem adoecer”, informou.

Vários fatores ou grupos de pessoas, de acordo com Garrido, podem contribuir para o enfraquecimento das defesas do organismo, levando a pessoa a adquirir a doença, tais como: má alimentação; pessoas em situação econômica muito desfavorável; desempregados; portadores do vírus HIV; diabéticos; envelhecimento; entre outros.

“Qualquer situação que deprime o sistema de defesa pode contribuir para a pessoa que já tinha a bactéria no organismo, ou seja, que já conviveu com um doente de tuberculose, evoluir para a doença em algum momento da vida. Isso geralmente não é rápido, algumas pessoas podem adoecer em até 2 anos e os outros têm o resto da vida para desenvolver ou não a doença”, explicou.

Alerta

De acordo com Garrido, o principal sintoma da doença é a tosse, quando a tuberculose está localizada no pulmão, mas pode se estender a outras partes do corpo.

“Na maioria das vezes, a tosse é o principal chamado, quando a tuberculose é no pulmão, mas a tuberculose pode se apresentar em outros lugares do corpo também. Os exames precisam ser feitos de acordo com a localização. Quando a tuberculose é pulmonar, o principal sintoma é a tosse. Quando ela é fora do pulmão, ela se manifesta de outra maneira”, disse.

“A gente precisa alertar que qualquer tosse que demore a passar, que não cura com medicamentos caseiros, que não cura com medicamentos comumente usados para gripe ou tosse de um modo geral, precisa ser investigado”.

Preconceito

Atualmente, a doença é prevenível e curável. “Prevenível, na medida em que, quando as pessoas tiverem contato com a tuberculose, toda a família deve ser examinada em busca de outras pessoas doentes e [identificar] àquelas que têm maior risco de adoecer. Curável, na medida em que as pessoas que tomam remédio corretamente e [quando for] descoberto logo no início da doença, é fácil curar a tuberculose. O tratamento é de seis meses, mas o remédio só é tomado uma vez por dia”, informou Garrido.

“As pessoas têm vergonha da doença. As que convivem, têm medo do doente e não há necessidade disso. A doença é prevenível e curável e não são todas as pessoas que convivem com o doente e que vão adquirir a doença. Tudo depende do sistema de defesa do nosso organismo, mas o estigma e o preconceito ainda são muito fortes até os dias atuais e isso contribui para o abandono, a demora na busca do tratamento. Infelizmente, é assim”, contou a coordenadora Estadual do Programa.

Veja também

Reajuste salarial dos servidores da saúde pode ser barrado pela legislação eleitoral Deputado David Almeida espera resposta do TRE sobre o reajuste salarial dos servidores da saúde nesta quinta-feira. Foto: Divulgação O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSB), retirou da pauta de votação da sessão desta quar...
Amazonino desarrumou a casa em seis meses. Arthur peita Alckmin. Nejmi deputada estadual Amazonino desarrumou a casa, quando o grande mote de campanha dele foi de que seria a pessoa talhada para arrumá-la Amazonino se elegeu com um mote genial: "Vou arrumar a casa". Convenceu o eleitor, que estava em busca do "novo", que ele era o ideal no momento crítico da...
Paratleta amazonense conquista dois ouros em Mundial de Jiu-jitsu nos Emirados Árabes Foto: Divulgação O paratleta de Jiu-Jitsu, Flávio Leonardo conquistou no último fim de semana (20 e 21/04) duas medalhas de ouro no World Pro Abu Dhabi 2018 de PARAJIUJITSU, no Emirados Árabes, uma pela categoria A e G (amputado) e outro pelo Absoluto. O paratleta, que ...
Homens armados que praticavam arrastões no Parque 10 são presos Foto: Divulgação Dois homens, acusados por moradores de realizarem arrastões no bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus, foram presos pelo Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), nesta quarta-feira (25). Policiais realiza...
Jovens são investigados por furto a loja maçônica para ‘ritual satânico’. Veja fotos Foto: Divulgação Dois adolescentes de 17 anos estão sendo investigados por envolvimento em furto ocorrido no dia 24 de março deste ano, em uma loja maçônica situada na rua Sete de Setembro, bairro Centro, no município de Nova Olinda do Norte, distante 135 quilômetros em li...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook