Itacoatiara inicia ano letivo de detentos do sistema prisional

A ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria de Estado de Educação (Seduc). Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (9), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou a abertura do ano letivo na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI). São 49 internos matriculados, divididos em cinco turmas, sendo duas de ensino médio, duas de ensino fundamental (nos turnos matutino e vespertino) e outra para alfabetização. Dentre os matriculados, 14 são analfabetos.

A ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria de Estado de Educação (Seduc). A Escola Municipal José do Patrocínio será a responsável pelo ensino fundamental dos presos e a Escola Estadual Berezith a gestora do ensino médio regular.

De acordo com secretário de Estado de Administração Penitenciária, coronel da Polícia Militar do Amazonas Cleitman Coelho, a unidade possui 159 presos e costuma ter bom rendimento escolar. “Em Itacoatiara temos resultados efetivos dos presos em provas como o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem/PPL) e cursos de redações. Temos expectativas que em 2018 a educação continue sendo um segmento forte na unidade”.

O ano letivo nas unidades prisionais da capital terá início na próxima quinta-feira (15/02), seguindo o cronograma da Seduc para as escolas do ensino público estadual. Na capital, 10 unidades prisionais possuem salas de aula da Escola Estadual Giovanni Figliuolo para alfabetização e ensinos fundamental e médio.


Projeto de Remição da Pena pela Leitura 

 A Unidade Prisional Mista de Itacoatiara realizou mais uma edição do projeto Remição da Pena pela Leitura, na última quinta-feira (08/02). O intuito é unir o prazer pela leitura a uma nova oportunidade de liberdade. Dessa vez, seis internas participaram da seleção elaborada em provas, que foram divididas em duas etapas, sendo prova escrita e oral.

As participantes tiveram 30 dias para a leitura de qualquer livro da sua escolha. Como primeira parte da avaliação, elas devem apresentar um resumo escrito da obra que foi lida e depois responder um questionário sobre o livro, contando de fato a história da obra escolhida. Depois disso, as internas conseguem reduzir quatro dias das penas através do projeto.

Todas as pessoas privadas de liberdade podem participar do projeto, independente da sua escolaridade, contando apenas com a habilidade de ler e escrever para a conclusão das etapas de seleção.

Veja também

Azul desmente no Twitter notícia sobre queda de avião com 80 passageiros #fakenews A Azul Linhas Aéreas desmentiu um boato fortemente disseminado em grupos de WhatsApp e FaceBook esta noite (21/02). Um avião da empresa, partindo de Belém a caminho de Cuiabá (MT), teria caído com 80 passageiros. "Informamos que nossas operações seguem normalmente, sem incid...
Luiz Castro reforça denúncia contra empresas terceirizadas da área de Saúde O deputado Luiz Castro disse que há servidores sem receber salários há quatro meses. Foto:O deputado Luiz Castro (Rede) voltou a denunciar nesta quarta-feira (21) as empresas contratadas pelo Governo do Estado para prestar serviços aos hospitais de Manaus e que atrasam ...
Seis de 10 vetos do governo são derrubados em votação na Assembleia Legislativa Na pauta de votação constavam 17 matérias, sendo dez vetos do Governo do Estado. Foto: Aleam/DivulgaçãoCom uma pauta onde constavam 17 matérias – sendo dez vetos do Governo do Estado a matérias aprovadas em plenário no final do ano passado e sete Projetos de Lei de auto...
Moradores denunciam comércios irregulares no condomínio Cidade Jardim Comércios de estivas funcionam no conjunto residencial. Foto: DivulgaçãoMoradores do condomínio residencial Cidade Jardim, localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus, denunciam que no local funcionam diversos estabelecimentos comer...
Embrapa oferece cursos gratuitos de produção de banana e cultivo de tambaqui A Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o mês de março. Foto: DivulgaçãoCom o objetivo de capacitar tecnicamente produtores e técnicos de Assistência e Extensão Rural (Ater), a Embrapa Amazônia Ocidental oferece dois cursos gratuitos durante o...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook