Ipaam e Batalhão Ambiental combatem crimes no rio Uatumã e aplicam R$ 122,1 mil em multas

Na ação, mais de 30 embarcações foram abordadas, e duas delas notificadas por transportar uma carga 60,86 metros cúbicos de madeira serrada sem o Documento de Origem Florestal. O material foi apreendido. Fotos: Divulgação

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) e o Batalhão Ambiental da Polícia Militar desencaderam, no período de 22 de janeiro a 2 de fevereiro, a operação Uatumã, focada no combate de atividades de pesca comercial e profissional ilegais na área da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do rio Uatumã.

A reserva compreende os municípios de São Sebastião do Uatumã (distante 247 quilômetros de Manaus) e Itapiranga (a 227 quilômetros da capital).

Bacia e entorno

De acordo com o gerente de Fiscalização Ambiental do Ipaam, Abener Brandão, o Decreto nº 17.190/96 proibiu a pesca comercial ou profissional nos corpos d’água que compõem a Bacia Hidrográfica do rio Uatumã e no entorno daquela Unidade de Conservação (UC) por tempo indeterminado.

“A pesca está proibida em todas as fases, desde a captura, extração, coleta transporte, conservação, transformação, beneficiamento, industrialização e comercialização”, informou.

Madeira

A operação Uatumã contou com o apoio de agentes ambientais voluntários do Departamento de Mudanças Climáticas e Gestão de Unidades de Conservação (Demuc), órgão da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

Na ação, mais de 30 embarcações foram abordadas, duas delas notificadas por transportar uma carga 60,86 metros cúbicos de madeira serrada sem o Documento de Origem Florestal (DOF). O material foi apreendido.

Crimes ambientais

O gerente de Fiscalização Ambiental informou, também, que foram expedidos 16 autos de infração, com aplicação de multas de mais de R$ 122,1 mil pela prática e crimes ambientais, 23 termos distribuídos entre apreensão, depósito, doação, soltura e destruição.

Nas embarcações os agentes ambientais encontraram carvão vegetal sem DOF, trator tipo jerico, motosserras, espingardas, além de três jabutis, 17 tracajás e um couro de cotia.

Veja também

MPF recomenda anular licenças e planos de manejo sobre áreas de proteção federais e indígenas no AM... MPF recomendou ao Ipaam anular todas as licenças ambientais e autorizações para extração de maneira em unidades de conservação ou terras indígenas no Estado. Fotos: DivulgaçãoO Ministério Público Federal (MPF) recomendou ao Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (I...
Jovem é preso por atacar um homem a golpes de martelo O jovem desferiu golpes de martelo em um homem de 50 anos. Foto: Divulgação José Augusto Alfaia Filho, de 20 anos,  conhecido como “Estrelinha”, foi preso nesta segunda-feira (12), em São Sebastião Uatumã, por lesão corporal grave. Segundo o delegado Claudenor Medeiros, n...
DRCO inicia operação para combate da pesca ilegal no Lago do Rei. Veja vídeo Comunidade Nossa Senhora da Conceição e Lago do Rei passam por operação da polícia par ao combate da pesca ilegal de pescado no período do defeso. Fotos: DivulgaçãoComunitários e pescadores artesanais da comunidade Nossa Senhora da Conceição participaram nesta sexta-fei...
Polícia Civil investiga e monta operação para combater pesca ilegal no Lago do Rei, no Careiro da Vá... No gigante Lago do Rei, polícia monta série de operações para combater pesca ilegal durante a época do defeso. Comunidade pode ter renda de até R$ 1 milhão este ano com pescado. Delegado Guilherme Torres com pescadores. Fotos: DivulgaçãoO gigantesco Lago do Rei, banhado...
Exército apreende quase 2 toneladas de skunk, um fuzil russo AK-47 e pistola em canoa Um colombiano foi preso durante operação realizada nesta quarta-feira, por volta de 5h. Houve troca de tiros. Fotos: DivulgaçãoUm colombiano, de nome não identificado, foi detido durante operação padrão do Exército Brasileiro em área de fronteira nesta quarta-feira (31)...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook