Prefeitura sensibiliza foliões sobre assédio sexual de mulheres e exploração sexual e trabalho infantil

A novidade deste carnaval, de acordo com a subsecretária municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres, Socorro Sampaio, é a Ação de Sensibilização sobre o Assédio Sexual de Mulheres, nas bandas e blocos carnavalescos. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Manaus esteve com a Campanha Municipal de Combate à Exploração Sexual e Trabalho Infantil e a Ação de Sensibilização sobre o Assédio Sexual de Mulheres, na VIII edição da Banda “Maria Vai Com as Outras”. O evento carnavalesco aconteceu, nesta sexta-feira (2), percorrendo as principais avenidas do centro da cidade com o tema “Nenhum Direito a Menos”.

A campanha é coordenada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh) e a ação pela Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres. Além da orientação e sensibilização dos foliões, também foram distribuídos materiais gráficos com os números dos disques denúncias para violações de direitos de crianças, adolescentes e mulheres.

A novidade deste carnaval, de acordo com a subsecretária municipal de Políticas Afirmativas para as Mulheres, Socorro Sampaio, é a Ação de Sensibilização sobre o Assédio Sexual de Mulheres, nas bandas e blocos carnavalescos. Os profissionais da subsecretaria estarão unindo a ação, junto a Campanha de Combate à Exploração Sexual e Trabalho Infantil.

“Neste carnaval estarassédio sexual emos conscientizando os foliões de que carnaval bom e com alegria, é aquele sem abuso e assédio sexual, ou quaisquer outros tipos de violências contra as mulheres, crianças e adolescentes”, frisou a subsecretária.

Na ação o público está sendo esclarecido que cantadas na rua são consideradas assédio sexual. São assovios, comentários de viés sexual, olhares e até mesmo contato indesejado. Essas cantadas e investidas indesejadas também são uma forma de assédio sexual praticada pelos homens contra mulheres em espaços públicos.

Crianças e Adolescentes

Quanto a violação de direitos de crianças e adolescentes, os profissionais que estão atuando nas festas de rua e megaeventos de carnaval, foram orientados a se basearem pela portaria 001/2018 do Juizado da Infância e da Juventude Cível, que diz “é proibida a entrada e permanência de menores de cinco anos em bandas e blocos carnavalescos”, incluindo o desfile das escolas de samba no Sambódromo, zona Centro-Oeste.

Outra orientação é quanto à proibição a venda de bebidas alcoólicas e cigarros a crianças e adolescentes conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e principalmente a exploração sexual e trabalho infantil.

Denúncias

Caso o folião presencie qualquer violação de direitos contra crianças e adolescentes durante as festas do período momesco, a denúncia pode ser feita pelos números 0800-092-1407 (Disque Denúncia), 0800-092-6644 (Disque Direitos Humanos) ou pelo Disque 100 (Nacional) e para as mulheres Central de Atendimento à Mulher, mais conhecida como 180.

Veja também

Corpo de homem é encontrado após ataque de piratas no Rio Negro Três pessoas foram obrigadas a pular da embarcação após serem rendidas pelo grupo de criminosos. Foto: Arquivo PMSO corpo de um homem foi encontrado no Rio Negro, na tarde deste sábado (17), próximo ao local onde três pessoas desapareceram, após serem atacados em uma em...
Veja Nota de Pesar pelo falecimento de Juan Villa emitida pelo Conselho Regional de Medicina. Velóri... Veja Nota de Pesar pelo falecimento de Juan Villa emitida pelo Conselho Regional de MedicinaO Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam) emitiu Nota de Pesar pela morte do cardiologista Juan Villa Benayeto. Ele faleceu neste sábado (17/02).Juan Villa era tam...
‘Ele foi um catalão que se tornou amazonense. Era meu compadre e quase irmão’, diz Franc... Juan Villa, que faleceu na madrugada deste sábado (17/02), integrou com Francisco Garcia turma de Medicina da Ufam que teve reconhecimento do curso só no quarto anoO empresário e ex-deputado federal Francisco Garcia tomou um susto ao saber da morte do médico Juan Villa....
Feira Criativa no Parque do Mindu passa ter duas edições por mês, a partir deste sábado Na última edição, realizada nos dias 27 e 28/1, a feira contou com 29 expositores. Foto: Divulgação SemmasA Feira Criativa, iniciativa que visa estimular o reaproveitamento de resíduos por meio da comercialização de produtos artesanais, passará a acontecer no Parque Mun...
Primeira etapa de obras na avenida Djalma Batista é concluída neste sábado O trabalho será realizado por etapas e atende a uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto. Foto: DivulgaçãoA primeira etapa de obras para a recuperação da antiga rede de drenagem na zona Centro-Sul, no trecho que compreende a avenida Djalma Batista e a rua Pará,...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *