Omar quer governo. Bosco Saraiva domina claque. David surpreende em Parintins. Entenda o panavueiro

Omar quer governo

Omar quer governo. O senador (direita) teria um acordo secreto com Amazonino?

O senador Omar Aziz dá demonstrações cada vez mais claras de querer disputar o Governo do Estado. Ele teria um acordo com Amazonino, pessoal e interno. Praticamente secreto. O governador não concorreria à reeleição para apoiá-lo. Os movimentos de Amazonino, indicando candidatura, teriam esfriado a relação dos dois. Omar chamou os mais próximos. Espalhou candidaturas a deputado estadual e deputado federal no interior. Indicou nomes aos prefeitos aliados. O bloco está na rua.

 

Arthur fora

Tudo indica que o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, não participou dessa parte. A do acordo Amazonino-Omar. Sempre disse que a aliança de 2017 não tinha nada a ver com 2018.

 

Grupo

Omar depende dessa candidatura para manter o grupo político pessoal unido. Fazendo política 24 horas por dia, ele sabe que será muito difícil evitar o estouro da sobrevivência.

 

Bosco ganha claque

O vice-governador e secretário estadual de Segurança, Bosco Saraiva, está bem enfronhado nas hostes governamentais. Nesta quinta (01/02), durante a abertura dos trabalhos legislativos, foi alvo de ruidosos aplausos. Bastou o governador falar no nome dele e a claque governista foi ao delírio.

 

Bosco ganha claque (2)

Todos sabem que Amazonino é suscetível às claques. Desde os áureos tempos de Lucimar Mamão. A claque dela armava palanque, destruía material dos adversários e carregava Amazonino no colo, literalmente.

 

Bosco ganha claque (3)

Dizem que Bosco Saraiva, com seu jeito matreiro, ganhou o coração da claque mais próxima de Amazonino. Bosco é pré-candidato a governador, vice, senador ou deputado federal. Tudo dependerá do contexto. Mas se depender da claque…

 

Adocica, de Beto Barbosa

Bosco Saraiva só precisa escapar da “maldição do Adocica”. O que é isso? Aconteceu com Dissica Valério Thomaz, ex-prefeito de Eirunepé e eterno presidente da FAF. Ele foi um dos coordenadores da eleição de Fernando Collor no Amazonas. Com Collor eleito presidente (1989), Dissica entendeu que tinha virado a bola da vez para governador, em 1990. Soltou o jingle, baseado na lambada sucesso de Beto Barbosa, “Adocica”: “Ai Dissica, governador, ai Dissica…” Passados 15 dias, a candidatura não decolou e ele mudou a letra: “Ai Dissica, meu senador, ai Dissica…” Não deu ainda e mudou outra vez: “Ai Dissica, meu federal, ai Dissica…” Acabou sendo candidato a deputado estadual. E não se elegeu.

 

OAB e TJAM

Caiu como uma ducha fria, entre os candidatos à vaga de desembargador, pelo Quinto Constitucional da OAB, a declaração de Flávio Pascarelli. O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) disse que precisa tomar providências, antes de autorizar eleição na OAB. Precisa, por exemplo, construir um novo gabinete no prédio-sede.

 

OAB e TJAM (2)

A corrida pela vaga na lista sêxtupla, que vai sair da OAB para o TJAM transformar em tríplice, já começou. Oposição, liderada por Jean Cleuter Mendonça, e situação, do presidente Marco Aurélio Choy, estão escalando os times.

 

Situação X Oposição

Os nomes da situação a desembargador, confirmados na disputa, são Délcio Santos e Marcelo Kizem. Felipe Thury, ainda incerto na chapa da oposição, pode acabar disputando pela situação. A oposição vai indicar seis nomes, numa chapa única. Há dois grupos. Um é liderado pelo decano ex-presidente Oldeney Sá Valente. O segundo colocado na última eleição presidencial, Jean Cleuter Mendonça, lidera o outro. Oldeney, do grupo Ordem Viva, tem quatro nomes para tirar três: Paula Valéria, Carlos Alberto Ramos Filho, Felipe Thury e Adonias Pinheiro. Jean também: Sílvio Batista, Charles Garcia Jr., Renato Mendes e o dele próprio. Cada grupo indicará três para a chapa final.

 

Cursinhos

Curioso é o embate entre os cursinhos. A situação deve incluir na chapa Aniello Aufiero. A oposição tem o apoio de Aldemiro Dantas. Os dois são donos de cursinhos preparatório para a OAB. Será um embate pelos votos dos aprovados recentemente no Exame de Ordem.

 

Estouram idade

Dois nomes de peso estão fora da disputa, por terem mais de 60 anos, idade-limite para concorrer a desembargador. Vasco Pereira do Amaral, ex-integrante do TRE-AM, e Fábio Mendonça, ex-presidente da OAB. A Constituição ampliou idade para saída, de 70 para 75 anos, mas não alterou idade de entrada, mantida em 65.

 

Novos formam chapa

Os advogados mais jovens estão entrando na disputa. O vice-presidente do Caprichoso, Jender Lobato, anunciou em Parintins que vai concorrer. É primeiro nome do grupo daqueles que acabam de completar 10 anos corridos de advocacia, pré-requisito para entrar na disputa.

 

Candidatos parintinenses

Dodozinho Carvalho, do ramo da navegação, portos e combustíveis, é candidato a deputado federal. Saullo Viana, conselheiro fiscal do Caprichoso e empresário, disputará Assembleia Legislativa. São os parintinenses colocando as candidaturas nas ruas. O vice-prefeito Toni Medeiros é outro que concorrerá a deputado estadual. Vem mais gente por aí.

 

David em Parintins

David Almeida, presidente da Assembleia Legislativa, chegou a Parintins esta quarta (31/01). Foi acompanhado dos deputados Platiny Soares, Sabá Reis e Francisco Souza. Tinha visita agendada para falar das emendas destinadas à saúde, beneficiando hospital local. No aeroporto, ao descer, correm até ele vereadores e até o vice-prefeito Toni Medeiros e o prefeito Bi Garcia. No meio do caminho, um dos vereadores grita: “Volta, volta que não é ele!” O grupo esperava o secretário estadual de Segurança e vice-governador Bosco Saraiva. Foi uma gargalhada geral.

Veja também

Começou a Lava Jato do Amazonas. Guerra dos juízes e MPF nas prisões de Melo e ex-secretários fica e... Começou a Lava Jato do Amazonas. Ana Paula Serizawa, jovem, sorridente (vestindo branco e preto), na foto ao lado da também juíza Jaiza Fraixe: Sérgio Moro de saias do Amazonas?O Ministério Público Federal no Amazonas (MPF), a Polícia Federal e a Receita Federal estão a...
Edilene pode ser porta de entrada para os recantos mais escondidos do poder no Amazonas. Ela tem doi... Edilene pode ser porta de entrada para a revelação de segredos escondidos nos porões do Governo do AmazonasEdilene Gonçalves Gomes de Oliveira, ex-secretária de Eduardo Braga e esposa de José Melo, dois ex-governadores, está presa. Ela é o fio pelo qual a Justiça espera...
O panavueiro de Amazonino ao anunciar aumento para evitar secretários ladrões e culpando interiorano... O panavueiro de Amazonino ao falar do reajuste dos secretários estaduais ("não quero ladrões no meu governo") e ao acusar interioranos pela violência em Manaus ("vão acabar matando o Bosco") tem grande repercussãoSão muito intensos os ecos da última entrevista do govern...
José Melo desviou os 30% da saúde federais. E o resto? Cadê a investigação do dinheiro do Estado?... José Melo desviou os 30% da saúde federais, mas o que saiu dos cofres estaduais é maior e a sensação do contribuinte é de que essa parte não tem fiscalizaçãoSabe um cipoal de números, tabelas e rubricas? É o portal da transparência do Governo do Amazonas. Outro, pouco m...
Ensaios dos bumbás Caprichoso e Garantido terão apoio do Governo do Amazonas Os tradicionais ensaios dos bumbás Caprichoso e Garantido, realizados em Manaus pelos Movimentos Marujada e Amigos do Garantido, vão contar com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur). A parceria foi fechada na sexta-feira (23/...

Um comentário para “Omar quer governo. Bosco Saraiva domina claque. David surpreende em Parintins. Entenda o panavueiro

  1. José Rodrigues disse:

    Não é Amor a causa pública deixar faltar medicamentos na farmácia do Cecon e a única resposta que falam para os pacientes que não tem previsão de quando vai chegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *