Governo do Amazonas vai promover reordenamento das Unidades de Conservação

O 1º Encontro de Gestores de Unidades de Conservação foi realizado no Hotel Express Vieiralves. Foto: Divulgação

Promover um reordenamento das 43 Unidades de Conservação (UCs) no interior, de acordo com a nova diretriz do governo Amazonino Mendes. Essa é a proposta tirada do 1º Encontro de Gestores de Unidades de Conservação, que encerrou nesta sexta-feira (19/01). O evento foi promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), no Hotel Express Vieiralves, zona centro-sul, e contou com apoio da Cooperação Técnica Alemã (GIZ) e a Gesellschaft für Organisation Planung und Ausbilduns (Gopa).

De acordo com o secretário da Sema, Marcelo Dutra, a partir de agora, o governo inicia a elaboração do Plano Estratégico Integrado (PEI), que tem como base o reordenamento das UCs tendo como meta promover um trabalho mais profissional e menos amador, garantindo a oxigenação na forma de interação entre a comunidade e o maio ambiente. “Vamos realizar capacitações dos técnicos e criar projetos de ponta que possam levar mais qualidade de vida às populações do interior”, destacou.

Outra novidade, segundo Dutra, é a necessidade implantar um corpo de profissionais para auxiliar os gestores das UCs, o que também estará contemplado dentro do PEI para começar a funcionar ainda neste ano. Ele disse que a estrutura física e de pessoal também serão dois temas importantes dentro do trabalho de reordenamento das unidades, principalmente com a possibilidade da realização de concurso público para a contratação de novos técnicos para a área.

Desenvolvimento local

A gerente da UC Igapó-Açu, localizado no trecho do meio da BR-319 (Manaus-Porto Velho, Francisca Dionéia Ferreira, avaliou o resultado do encontro como de grande importância para trazer cada vez mais à tona o papel das Unidades de Conservação no processo de desenvolvimento local dos municípios. “A nossa UC está imprimindo um grau de maturidade e estamos consolidando esse processo. Hoje, as nossas lideranças estão mais maduras e capacitadas. E a profissionalização será de grande importância para nos”, afirmou.

O gestor da UC Acarí, no município de Caraurai, Gilberto Olavo, disse que, para este ano de 2018, vai realizar diversas atividades e destacou, entre os trabalhos naquela localidade do Médio Juruá, a implantação da Escola do Ribeirinho Solidário, em parceria com o Ministério da Educação e Cultura (MEC). “A iniciativa do governo nesse encontro de gestores mostra que a administração estadual tem a sensibilidade de levar mais conhecimento a população amazonense do interior”, observou.

Veja também

Com 2 mil vagas, UnATI abre calendário de matrículas A partir da próxima terça-feira (27), a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio da Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI), abre inscrições para mais de 40 modalidades de cursos e oficinas para o primeiro semestre de 2018. Serão ofertadas um total de 2 mil v...
Campeonato Amazonense de Luta Olímpica será neste sábado na Vila Olímpica de Manaus O Campeonato Amazonense de Wrestling é o evento que abre o calendário deste ano da FALLE . Foto: DivulgaçãoA Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva e Olímpica (FALLE) realizará, neste sábado (24), o Campeonato Amazonense de Luta Olímpica Cadete e Junior, a partir ...
Empoderamento feminino e luta por igualdade são temas do ‘I Fórum Regional de Mulheres no Hip ... O “I Fórum Regional da Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop” que será realizado pelo Coletivo Ocupaminart e pela Frente Nacional de Mulheres no Hip Hop, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), traz o tema Empoderamento feminino e luta por igualdade, no fim ...
Vírus do sarampo em Roraima é o mesmo da Venezuela, diz diretor da FVS A confirmação da doença em uma criança da Venezuela, no dia 11/02, por profissionais da Fiocruz, rompeu um quadro epidemiológico estável no Brasil. Foto: DivulgaçãoO diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS), Bernardino Albuquerque, declaro...
Peças típicas de dez países estarão em exposição na Feira Volta ao Mundo, a partir desta sexta A Feira Volta ao Mundo é considerado o mais importante evento do setor de artesanatos internacionais. Foto: DivulgaçãoA Feira Volta ao Mundo, com exposição de artesanatos originais e tradicionais de 10 países - Índia, Turquia, Indonésia, Paquistão, Egito, Líbano, Rússia...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *