Mouhamad teria subornado funcionários do TCE, terceirizados, para apagar contas de unidade gerida pelo Instituto Novos Caminhos

Mouhamad teria subornado funcionários do TCE

Mouhamad teria subornado funcionários do TCE para subtrair dados de uma unidade gerido pelo esquema que fraudava a saúde no Amazonas

Mouhamad teria subornado funcionários do TCE

Trecho da ação do Ministério Público Federal no Amazonas pedindo a revogação da prisão domiciliar de Mouhamad Moustafa

A eliminação de dados dos computadores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) pode ter sido criminosa. A Polícia Civil está investigando a suposição, segundo o Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM). A informação consta do pedido de revisão da revogação da prisão preventiva do empresário Mouhamad Moustafa. O documento foi protocolado na Justiça Federal nesta sexta (29/12). Moustafa teria corrompido dois funcionários do órgão para eliminar dados de unidade de saúde gerida pelo Instituto Novos Caminhos (INC). O INC seria a ligação das diversas atividades empreendidas pelos fraudadores denunciados na Operação Maus Caminhos.

O Portal do Marcos Santos apurou que a investigação foi requisitada pelo próprio TCE. O ex-presidente Ari Moutinho Júnior e a presidente atual, Yara Lins, têm acompanhado o trabalho. “Esperamos que a investigação policial ocorra com a maior celeridade possível para elucidar esse caso. Tanto eu quanto a presidente Yara Lins tomamos as providências necessárias e o arquivo do TCE foi restabelecido”, disse Ari Moutinho Filho.

 

Mouhamad teria subornado funcionários do TCE e um deles está desaparecido

Dois funcionários do TCE são investigados pelo sumiço dos dados. Ele3s prestam serviço a empresas terceirizadas. Osnir Alves Melo “não é encontrado para esclarecer o fato”. Ele estaria desaparecido e sendo procurado pela polícia. O sumiço interessaria diretamente aos negócios escusos de Mouhamad Moustafa.

O sumiço dos dados deixou em polvorosa os conselheiros do TCE. Os arquivos conteriam não só as contas relativas ao empresário, mas todos os processos de 2015 para cá. Uma empresa especializada foi contratada, emergencialmente, para recuperar os dados suprimidos.

O trabalho durou dois meses e meio, mas foi encerrado com sucesso. Os dados estão de volta e subsidiam os processos que vão à votação dos conselheiros.

Veja também

Mouhamad Moustafa, principal implicado na Operação Maus Caminhos, deixa a prisão com tornozeleira el... Mouhamad Moustafa usava boné e óculos escuros quando chegou à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), no Centro, para colocar a tornozeleira eletrônica, hoje (30/08), à tardeO médico Mouhamad Moustafa, preso no dia 20/09/2016, acusado do desvio de R$ ...
STF homologa primeira delação premiada da Operação Maus Caminhos. Justiça Federal adia audiências de... Audiências agendadas para os dias 31 de agosto e 1º de setembro, na Justiça Federal, precisaram ser adiadas em razão de correição em andamento. Um dos réus é Mouhamad Moustaf, que ontem ganhou liberdade depois de pagar fiança. Foto: DivulgaçãoO ministro do Supremo Tribu...
Rombo: secretário aciona órgãos das operações Maus Caminhos e Cauxi para entregar Raio-X da Susam... Secretário de Saúde, Francisco Deodato, esteve no TCE onde apresentará detalhamento das contas da pasta do governo mostrando situação real. Foto: TCEEm visita ao presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Ari Moutinho Júnior, nesta segunda-feira ...
MPF denuncia ex-secretário de Fazenda Afonso Lobo por falso testemunho na Maus Caminhos e pede aumen... Para o MPF, Afonso Lobo fez afirmações falsas em duas ocasiões, durante o depoimento compromissado sobre esquema milionário de desvios de verbas da saúde no Estado. Foto: ArquivoO Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-secretário de Fazenda do Amazonas Afonso L...
Ex-secretário da Fazenda contesta denúncia do MPF sobre falso testemunho Após denúncia do MPF, ex-secretário da Sefaz, Afonso Lobo, enviou nota contestando informações do órgão e reafirmou o inteiro teor do depoimento prestado na Operação Maus Caminhos, que investiga desvio de dinheiro da saúde. Foto: ArquivoEm relação à matéria "MPF denunci...

3 comentários para “Mouhamad teria subornado funcionários do TCE, terceirizados, para apagar contas de unidade gerida pelo Instituto Novos Caminhos

  1. Fred Martins disse:

    O TCE nunca recuperou os dados de processo. Foi a maior perda da historia do TCE. Muito dinheiro público será perdido. Tudo por falta de investimento em cópia de segurança.

  2. Rogério Farias disse:

    Esse Osnir Alves de Melo está foragido para Santa Catarina junto com mulher e filho. Só a polícia fazer a teia que acham ele.

  3. Marcelo Matos disse:

    Esse Osnir Alves de Melo e bom mesmo .. o cara e muito justo .. conheço muito bem ele .. o cara e um gênio da tecnologia … Sem duvida o melhor hackers que já conheci …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook