Fritura de Sidney Leite alerta secretariado. Robério ou Pacífico? Manobra para tirar Dommarques? Conheça os bastidores

Fritura de Sidney Leite envolve secretários e deputados estaduais contrariados

Fritura de Sidney Leite fez o secretário da Casa Civil partir para o tudo ou nada

Sidney Leite, secretário estadual da Casa Civil, pediu para sair. Bosco Saraiva, governador em exercício, não aceitou. Amazonino ligou, dos Estados Unidos, de onde volta dia 23/12, e pediu para que fique. O que houve? Fritura. Sidney ficou preocupado com a afirmação de Amazonino de que não tem o governo na mão. Endureceu o tom. Desagradou a boa parte do secretariado. Criou um levante contra ele. Agora Sidney foi para o tudo ou nada. Ou Amazonino confirma sua autoridade ou volta para a Assembleia Legislativa.

 

Cabo de guerra

Sidney Leite se tornou o “braço” de Amazonino para resolver a guerra interna, antes da posse. Ele transitou entre os diversos grupos e conseguiu pacificar questões difíceis. O governador então decidiu nomeá-lo. Agora, secretários importantes, como Bosco Saraiva e Francisco Deodato, pedem que fique.

 

Fritura de Sidney Leite

A fritura de Sidney Leite, o escanteamento progressivo dele, com esse pedido repentino de demissão, pode desarticular o Governo. Amazonino teme que os secretários fiquem ressabiados. Se cai o secretário mais próximo do governador imagine os demais? A ameaça de “estouro da boiada” trabalharia a favor do demissionário.

 

Fritura de Sidney Leite (2)

A Casa Civil tem duas vertentes. Uma cuida da parte legal, publicações de atos e decretos. Tudo o que vai para o Diário Oficial do Estado (DOE). Essa parte, cada vez mais, Amazonino tem delegado ao subsecretário estadual da Casa Civil, José Pacífico. Sidney Leite já sabe que inúmeros secretários estão se dirigindo direto ao sub. Principalmente aqueles que, por questões políticas, tinham atos “travados” pelo titular.

 

Robério ou Pacífico

Amazonino tem dois nomes para o lugar de Sidney Leite, se confirmar a demissão. Robério Braga, caso queira um nome político. José Pacífico, se for para jogar água na fervura de poder da Casa Civil.

 

Deputado federal

Sidney Leite é candidato declarado a deputado federal. A bancada na Câmara dos Deputados, que tem ligações com o governador, não gostou. É um concorrente com grande potencial para instrumentalizar a máquina estadual. Algumas nomeações feitas por ele, no interior, deixaram os parlamentares de orelha em pé.

 

Deputado federal (2)

Sidney, que vem da luta estudantil, se tiver que montar máquina de campanha com nomeações já teve tempo para isso. É tarde demais para os concorrentes. A Inês é morta, como se fala do fato consumado.

 

Assembleia

O jogo legislativo, a ocupação de cadeiras na Assembleia, é outro fator que envolve a decisão do chefe da Casa Civil. Mario Bastos “herdou” a cadeira de Bosco Saraiva. Bosco foi obrigado a renunciar para virar vice-governador. Donmarques ocupa a vaga de Sidney Leite. Se Sidney renunciar e voltar para a Assembleia, Donmarques é quem sai.

 

Orçamento do Estado

Nesta quarta (20/12) será votado o orçamento estadual de 2018. Mesmo com a última sessão do ano marcada para quinta. São R$ 15,3 bilhões que Amazonino Mendes terá delegação para gerenciar. É o primeiro e único orçamento só dele neste mandato, que acaba em 31/12/2018. A data, portanto, é fundamental. Especula-se que Sidney pode voltar, votar e retornar ao posto no Governo.

 

Bancada da Polícia

Haverá uma “guerra” envolvendo as polícias Militar e Civil na votação do orçamento. Donmarques, soldado PM, não teria como votar contra a tropa. Contando voto a voto, no confronto com o presidente da Assembleia, David Almeida, Amazonino pode precisar do voto de Sidney.

 

Bancada da Polícia (2)

A bancada da PM é formada pelos deputados Cabo Maciel, Platiny Soares, Alessandra Campelo e, agora, Donmarques.

 

Donmarques nega

Dommarques nega voto contra o Governo. “Colocaram emendas desse tipo no orçamento do Estado e não adiantou nada. O governador tem o poder de executar ou não o resultado. É uma questão administrativa. O resto é só teatro”, disse.

 

Desafio de Donmarques

Donmarques faz um desafio a Maciel, Platiny e Alessandra: “Vamos todos destinar nossas emendas pessoais, impositivas, para as polícias?” São R$ 5,7 milhões de cada um, no total de R$ 20,280 milhões. “É dinheiro suficiente para cobrir essa despesa e o governador não tem como dizer não”, desafia.

 

Resumo da ópera

Sidney Leite fica. Até fim de março, quando terá que renunciar para disputar a eleição.

Veja também

Falta só Amazonino bater martelo para mudar Seduc. Sidney Leite fica até março. Veja nomes José Augusto dá expediente normal, mas está incomodado com os boatos cada vez mais insistentes sobre sua saídaAmazonino Mendes já tem como certa a mudança no comando da Secretaria Estadual de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). Tem conversado com várias pessoas, mas...
EXCLUSIVO: Lourenço Braga é o novo titular da Seduc. Nomeação sai no Diário Oficial de hoje. José Au... Lourenço Braga nomeado novo secretário da SeducLourenço Braga, ex-reitor da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), é o novo secretário estadual de Educação. A nomeação dele para a Seduc será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça (05/12), que circula ...
Panavueiro grande: Alfredo na Seplancti. O custeio de Sabino. A queda de José Augusto. Arthur na fre... Alfredo Paes, cujo prestígio vem crescendo no Governo Amazonino, prestigiou o chefe mesmo nos tempos do ostracismo. Na foto, ele e o filho foram cumprimentá-lo pelo aniversárioPanavueiro grande é quando há muitas frentes se abrindo. A política está fervilhando no Amazon...
Bosco Saraiva troca oficialmente PSDB pelo Solidariedade nesta quinta-feira Amanhã, Bosco Saraiva formaliza filiação ao Solidariedade, que tem como presidente nacional o deputado federal Paulinho da Força Sindical. Foto: Bruno Zanardo/ SecomO vice-governador do Amazonas, Bosco Saraiva, formaliza nesta quinta-feira (7) filiação ao Solidariedade....
Deodato faz balanço da Susam, anuncia que médicos receberão por cirurgia e ressalta renegociação de ... O secretário Francisco Deodato apresentou nesta quarta-feira um balanço de dois meses de gestão. Foto: Aguilar Abecassis/Secom.Um balanço dos primeiros dois meses de gestão foi apresentado nesta terça-feira (6/12) pelo secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, em...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook