Operação Custo Político da PF cumpre 12 mandados de prisão e bloqueia R$ 67 milhões de empresários e ex-secretários

PF está cumprindo 12 mandados de prisão, 27 conduções coercitivas, 27 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, incluindo uma aeronave Cessna560 XLS. Foto: PMS

A Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas deflagrou nesta quarta-feira (13), a segunda fase da Operação Maus Caminhos, batizada de Operação Custo Político, que tem por objetivo investigar os crimes de corrupção ativa, de corrupção passiva, de lavagem de capitais e de organização criminosa.

Entre os alvos estão dois ex-secretários de saúde, o ex-secretário de Administração e Gestão, o ex-chefe da Casa Civil, bem como dois ex-secretários executivos da Secretária de Saúde do Amazonas.

Irmão do governador

Um dos alcançados, levado de casa pela PF, foi Evandro Melo, ex-secretário de Administração e irmão do ex-governador José Melo. Os ex-secretários estaduais de Saúde Wilson Alecrim e Pedro Elias também estão lá.

Desde 5h, policiais vindos de outros Estados cumprem mandados da juíza federal Ana Paulo Serizawa. A coordenação do trabalho é do delegado Alexandre Teixeira.

O empresário Chaguinha, da Transportadora Aliança, também foi alvo de mandados de busca e apreensão na empresa.

Mandados

Nesta fase, estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva, 9 mandados de prisão temporária, 27 conduções coercitivas, 27 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, incluindo uma aeronave Cessna560 XLS.

A Justiça determinou o bloqueio dos bens e valores dos investigados no montante de aproximadamente R$ 67 milhões visando o futuro ressarcimento do Estado.

Crimes

Os crimes eram praticados por membros da organização criminosa alvo da primeira fase que, utilizando-se dos recursos públicos desviados do Fundo Estadual de Saúde do Amazonas, realizavam pagamentos de propina a agentes políticos e servidores públicos.

O objetivo do grupo era obter facilidades dentro da Administração Pública estadual, tais como agilizar a liberação de pagamentos, obtenção de contratos públicos e o encobrimento dos ilícitos praticados.

O nome da Operação Custo Político é uma referência à expressão utilizada pelo empresário Mouhamad Moustafa para denominar as vantagens indevidas (propinas) pagas aos ex-secretários e outros servidores públicos.

Desdobramento

A operação em curso tem execuções em Manaus, São Paulo, Recife e Brasília, contando com 135 policiais federais, e seis servidores da Controladoria Geral da União (CGU). O Ministério Público Federal (MPF) confirmou que a ação de hoje é um desdobramento da Maus Caminhos.

Veja também

Evandro Melo, Pedro Elias, Wilson Alecrim, Raul Zaidan e empresários são alvos de nova fase da Maus ... Evandro Melo, irmão do ex-governador José Melo e ex-secretário estadual de Administração, é um dos implicados na nova fase da Maus CaminhosEx-secretários de Saúde do Amazonas e empresários com ligação ao médico Mohamad Moustafa são alvos de operação da Polícia Federal. ...
MPF pede a condenação de Mouhamad e mais três denunciados na Maus Caminhos por desvio de milhões O médico Mouhamad Moustafa é denunciado pelo MPF por liderar organização criminosa. Órgão pede condenação dos acusados e aumento da pena. Foto: ArquivoO Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas apresentou as alegações finais à Justiça contra quatro denunciados crimi...
Mouhamad Moustafa está fora da cadeia, mas segue com tornozeleira eletrônica Mouhamad estava preso desde o dia 21 de outubro, após passar o perímetro urbano com o uso da tornozeleira eletrônica. Foto: ArquivoAcusado de ser o líder de uma organização que desviou mais de R$ 110 milhões da saúde do Amazonas, o médico e empresário Mouhamad Moustafa,...
Omar Aziz, denunciado como beneficiário de propina na Maus Caminhos, já tem investigação em andament... Há um longo caminho entre a delação premiada que denunciou Omar Aziz e o julgamento deleA denúncia de que o senador Omar Aziz (PSD-AM) recebeu propina do Instituto Novos Caminhos (INC), implicado na Operação Maus Caminhos, está sendo investigada. A autorização foi dada ...
Envolvidos na Maus Caminhos são denunciados por peculato. Penas podem chegar a 180 anos de prisão Operação Maus Caminhos desmontou esquema de desvio de dinheiro da saúde no Amazonas. Rombo nos cofres públicos supera R$ 112 milhões. Foto: ArquivoO Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) apresentou oito novas denúncias à Justiça Federal, pelo crime de peculato...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook