Ex-secretário de Educação tem contas reprovadas pelo TCE e tem que devolver R$ 2,2 milhões

Pleno do TCE julgou irregular as contas do ex-secretário de Educação Rossieli Soares, aplicando multa e glosa de R$ 2,2 milhões ao gestor. Foto: TCE

O pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), durante a 42ª sessão desta terça-feira (5), julgou irregular a prestação de contas do ex-secretário de Estado da Educação e Qualidade de Ensino, referente ao exercício de 2013, Rossieli Soares da Silva.

As multas e glosa ultrapassam R$ 2,2 milhões, que devem ser devolvidos aos cofres pelo ex-secretário solidariamente com quatro empresas de construção e dez profissionais de engenharia e arquitetura da Secretaria, por obras em escolas estaduais, em todo o Estado, que foram pagas sem que os serviços ou parte deles tivessem sido executados.

Serviços pagos

Algumas das impropriedades detectadas pela Secretaria de Controle Externo do TCE, conforme destacou o relator do processo, conselheiro Érico Desterro, foram a ausência de documentos que comprovassem a efetiva execução de serviços pagos; não foram adotados procedimentos de controle interno previstos nos incisos I, II, III e IV do artigo 2° da Resolução n° 27/2012 do TCE.

Também não houve justificativa para a insuficiência técnica do memorial de cálculo, tendo em vista a não apresentação dos Projetos complementares que embasaram os cálculos de quantidades  do projeto básico. O prazo para devolução do valor aos cofres é de 30 dias.

Contas aprovadas

A prestação de contas, referente ao exercício de 2014, do ex-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), Leonel de Brito Feitoza foi julgada regular com ressalvas, ao ex-gestor não foram aplicadas penalidades.

O órgão recomendou ao Detran que sejam adotadas providências cabíveis no sentido de averiguar possíveis acumulações indevidas de cargo no quadro de pessoal do órgão; e que a nova gestão esforce-se nas cobranças aos contribuintes relativas às dividas tributárias junto ao órgão.

Câmara

Também foi a julgamento a prestação de contas do ex-presidente da Câmara Municipal de Manaus, exercício de 2012, Isaac Tayah, o colegiado decidiu pela regularidade com ressalvas e não houve aplicação de penalidades ao ex-presidente.

E, por fim, o pleno ainda decidiu pela regularidade com ressalvas, referente ao exercício de 2012, das contas do ex-presidente do Instituto Municipal de Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), Walter Rodrigues da Cruz.

Ao ex-presidente do órgão foi aplicada multa de R$ 8,7 mil, por conta de impropriedades como o não esclarecimento da razão de optar por alugar imóveis ao invés de adquiri-los; e a falta de controle no uso dos veículos inclusive locados. O ex-presidente terá 30 dias para devolver o valor aos cofres.

Veja também

Colégios da PM liberam alunos mais cedo por falta de professores e Seduc anuncia mais 180 mestres pa... Colégios da PM liberam alunos mais cedo alegando que não podem mais suprir ausências de professores contratando temporários. Na foto, formatura de Ensino Médio do CMPM 3, no Campos Sales, uma das escolas mais destacadas do Estado.O aviso é claro: "Comunicamos aos senhor...
Em ano eleitoral, presidente do TRE faz abertura de ano letivo da Escola de Contas A programação de abertura do ano letivo da Escola de Contas Públicas será dividida em três dias. Foto: Ana Cláudia Jatahy/TCECom a presença de várias autoridades, servidores e gestores das prefeituras municipais e governo do Estado, a Escola de Contas Públicas do Tribun...
Contratos temporários de órgãos públicos estão na mira do TCE TCE intensifica fiscalizações sobre admissões realizadas via contrato temporário por parte de gestores públicos. Foto: ArquivoCom o objetivo de impedir a burla ao instituto constitucional do concurso público, por parte dos gestores públicos, no processo de admissão de p...
Mais de 50 motoristas autuados e um adolescente apreendido em blitz na ponte Rio Negro A maioria dos veículos estava em mau estado de conservação, por isso os motoristas foram autuados. Foto: Detran/DivulgaçãoO Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) autuou mais de 50 motoristas na manhã desta terça-feira (20/02) durante blitz comandada ...
Mais de 90 motoristas são autuados por embriaguez e cresce 166% número de mortes no trânsito Ano passado, três pessoas morreram em acidentes de trânsito, número que subiu para 8 este ano no período do carnaval. Foto: DivulgaçãoEntre a noite de sexta-feira (9) e a madrugada desta Quarta-Feira de (14), 92 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook