Operação Jaleco Preto desarticula quadrilha interestadual do falso médico em uma das maiores ações da Polícia Civil do AM em outro Estado

Operação Jaleco é uma das maiores ações da Polícia Civil do Amazonas fora do Estado e foi deflagrada hoje de manhã. Fotos: Divulgação PC-AM

A Operação Jaleco Preto, sob coordenação do delegado titular do 23 Distrito Integrado de Polícia (DIP) Cícero Túlio, desarticulou na manhã de hoje em Rondonópolis, Estado do Mato Grosso, uma quadrilha especializada no golpe do falso médico que havia aplicado estelionatos em mais de dez hospitais particulares do Amazonas.

Estão sendo cumpridos 11 mandados, sendo 8 de prisão preventiva e 3 de busca e apreensão. As investigações iniciaram há cerca de 2 meses a partir de interceptações telefônicas que apontaram que o núcleo operacional da quadrilha (José Divino e Diego Gabriel) operava de dentro da penitenciária de Mata Grande, em Rondonópolis.

Os criminosos, se passando por médicos, mantinham contato com familiares de pacientes internados em UTIs de hospitais particulares e públicos do Amazonas e solicitavam quantias em dinheiro sob o pretexto de realizar exames de urgência. O golpe aplicado está estimado em R$ 2 milhões, aproximadamente.

Escolhidas

As vítimas eram escolhidas entre pessoas com condições financeiras de arcar com as despesas. Durante as investigações foram identificados golpes aplicados em dois jornalistas de duas grandes emissoras de TV e um preparador físico de um grande clube de futebol paulista.

Em Manaus, dois parentes de vítimas dos falsos médicos acabaram morrendo logo após as transferências de dinheiro.

Lucro de R$ 200 mil por mês

Outros 9 integrantes da organização criminosa operavam no núcleo financeiro e ficavam responsáveis por ceder as contas bancárias utilizadas para o recebimento de valores oriundos dos golpes. O lucro mensal dos golpes praticados em todo país ultrapassa a cifra de R$ 200 mil.

A Jaleco conta com apoio de mais de 50 policiais da Coordenadoria de Inteligência, Polícia Civil do Mato Grosso, Derfd de Rondonópolis, grupo de operações especiais e setor de Inteligência Penitenciária, tendo sido realizada uma revista no presídio.

Veja também

Funcionário do Dnit é atropelado no KM 56 da rodovia BR-174 e sofre politraumatismo Vítima de atropelamento sofreu politraumatismo na rodovia BR-174 nesta tarde. Foto: DivulgaçãoUm atropelamento fez uma vítima grave nesta quarta-feira (13), no KM 56 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). Um funcionário do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (...
Polícia Civil e Detran recuperam 13 veículos roubados e furtados da capital. Carros rodavam em Manac... Onze motos foram recuperadas durante ação da Derfv no interior, após investigação sobre roubo e furto de veículos levados para Manacapuru. Delegado adiantou que em 2018 várias cidades terão ações do tipo. Fotos: João Brito/ PC-AMTreze veículos, sendo 11 motos e dois car...
Foragido do Compaj é recapturado com 180 trouxinhas de cocaína, oxi e skunk Victor Diogo estava foragido desde abril do Compaj, onde cumpria pena por tráfico de drogas. Com ele foram apreendidas 180 trouxinhas de maconha skunk, além de cocaína e oxi. Foto: Erlon Rodrigues/ PC-AM A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 12...
Mulher é presa com três coletes à prova de balas no São Francisco Nelcilene da Silva Chaves, 34, foi presa por policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) com três coletes balísticos guardados em sua casa. A polícia chegou até a mulher após denúncia anônima informando que ela estaria guardando o material em sua residência, n...
Presos suspeitos do latrocínio de estudante de enfermagem em parada no Alvorada O casal Radson e Thais foi localizado no Lírio do Vale. Eles estavam no carro roubado um motorista da Uber, que também foi utilizado no assassinato do técnico de enfermagem. Foto: DivulgaçãoDois homens e uma mulher foram presos, e uma adolescente de 15 anos apreendida, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *