Ex-aliada de Mouhamed Moustafa afirma que o empresário pagou apartamento para o filho do ex-secretário de saúde do AM

Médico e empresário do Instituto Novos Caminhos Mouhamed Moustafa também será ouvido hoje pela Justiça Federal. Foto: Arquivo PMS

A enfermeira Jennifer Nayiara Yochabel foi a primeira a prestar depoimento na manhã desta terça-feira (14), na sede da Justiça Federal, no bairro Aleixo, em Manaus, como parte das investigações da Operação Maus Caminhos, deflagrada em setembro de 2016 e que revelou um mega-esquema de desvio de recursos da saúde que chegam a mais de R$ 100 milhões.

Jennifer Nayiara que era aliada do médico e empresário Mouhamed Moustafa, fez delação premiada e durante os questionamentos do Ministério Público Federal (MPF) revelou que Mouhamed pagava as prestações de um apartamento do filho do ex-secretário da saúde do Estado do Amazonas, Pedro Elias de Souza, atual Diretor do Hospital Universitário Francisca Mendes (HUFM).

Pedro Elias foi secretário de saúde na gestão do governador cassado José Melo e deixou o governo em janeiro deste ano, mas retornou em Maio, quando o governador interino David Almeida (PSD) assumiu o governo. Com a entrada de Amazonino Mendes, Pedro Elias que é cirurgião foi mantido à frente do HUFM.

Mouhamed era o cabeça do Instituto Novos Caminhos que prestava serviços diversos na área de Saúde para o Governo do Amazonas.

Ainda no depoimento de Jennifer, a enfermeira disse que o patrão se orgulhava em dizer que tinha mais dinheiro e poder que o próprio Governador do Amazonas e que em diversos shows musicais de cantores sertanejos, o aparato da Segurança Pública do Amazonas era utilizado para fazer a escolta dos artistas.

Além de Jennifer, prestarão depoimento também o próprio Mouhamad Moustafa, Alessandro Viriato Pacheco e Priscila Marcolino Coutinho. Todos são acusados de participar de um esquema que desviou R$ 110 milhões da Saúde no Amazonas.

 

Veja também

Sifuentes entra em férias e liminar pedida por José Melo será decidida por Leão Alves Melo e Edilene estão no presídio comum, em celas isoladas. Foto: DivulgaçãoA desembargadora Monica Sifuentes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região de Brasília (TRF1), relatora do Habeas Corpus do ex-governador José Melo e da sua esposa, Edilene Oliveira, entrou de ...
Justiça aguarda informações do MP para julgar recurso de liberdade para José Melo e Edilene A desembargadora do TRF1 Monica Sifuentes aguarda resposta da Procuradoria da República para analisar recurso. Foto: DivulgaçãoA relatora do recurso que pede a soltura do ex-governador José Melo (PROS) e de sua esposa, Edilene Oliveira, desembargadora do Tribunal Region...
Desembargadora pede informações para decidir sobre liberdade de Melo e Edilene A desembargadora Mônica Sifuentes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região de Brasília (TRF1), solicitou nesta sexta-feira (12) à Justiça Federal do Amazonas pedido de informações sobre a prisão do ex-governador cassado José Melo e da ex-primeira-dama Edilene Oliveira, det...
Coronel chefe da segurança de Mouhamad Moustafa é solto por falta de pedido de prorrogação da prisão... O coronel da Polícia Militar do Amazonas Aroldo Ribeiro, preso temporariamente no dia 13 de dezembro de 2017, durante a operação Custo Político, deflagrada pela Polícia Federal, como parte de mais uma fase da Operação Maus Caminhos, já está em liberdade. A informação foi...
Desembargadora concede prisão domiciliar para Wilson Alecrim e ele está autorizado a se operar em SP... Prisão domiciliar para Alecrim foi concedida na tarde desta quinta (11/01) e ex-secretário também foi autorizado a operar câncer de próstata em São PauloO ex-secretário estadual de Saúde Wilson Alecrim será transferido, nesta sexta (12/01), pela manhã, para prisão domic...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook