Situação dos reservatórios da Manaus Ambiental revela descaso da empresa com a população. Veja as fotos

Reservatório da Manaus Ambiental no conjunto Campos Elíseos mais parece um depósito de lixo. Foto: Divulgação Arsam

Um levantamento técnico iniciado pela equipe de engenheiros do Departamento de Fiscalização de Saneamento da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam) nos reservatórios sob a concessão da Manaus Ambiental, tem revelado um descaso por parte da empresa responsável pelo fornecimento e distribuição de água na cidade de Manaus.

Registro fotográfico feito pela equipe da Arsam nos reservatórios do bairros Jorge Teixeira IV, João Paulo, Mutirão e conjunto Campos Elíseos, evidenciam um cenário de total abandono. O lixo tomou conta da estrutura, o mato e o lodo estão por toda parte e cobrem as tubulações da área externa, galhos secos de árvores amontoados, restos de móveis, caixas de isopor e de madeira se acumulam nos reservatórios.   

De acordo com os dados da Manaus Ambiental, existem 186 reservatórios, sendo 140 ativos e 46 inativos. Estes números serão comprovados, principalmente com relação aos inativos.

As vistorias, que iniciaram em julho deste ano e tem previsão de término para dezembro, foram intensificadas nas últimas semanas, e mais de trinta reservatórios já foram fiscalizados pessoalmente pelos engenheiros da Arsam, que avaliam a manutenção dos equipamentos, urbanização, revitalização do local, a permanência de segurança, riscos de invasões e vazamentos. 

O problema mais frequente nas últimas vistorias foi com relação à falta de conservação dos locais, que estão propensos à ocupação irregular por ausência de vigilância ou estrutura de proteção. Alguns estão sendo utilizados como depósitos e outros até como comércios. Após a finalização do diagnóstico, a concessionária será notificada pela Arsam e terá prazo estabelecido para realizar os reparos e melhorias necessários nesses equipamentos.

Áreas fiscalizadas – Os bairros e localidades já visitados foram: Jorge Teixeira I, II, III e IV, Nova Floresta, Brasileirinho, João Paulo II, Armando Mendes, Zumbi I, Zumbi III, São José II e III, Amazonino Mendes, Viver Melhor II, Cidade de Deus, Cidade Nova, Mutirão, Nossa Senhora de Fátima, Mundo Novo, Colônia Santo Antônio, Centro, São Jorge, Compensa, Ponta Negra, São Raimundo.

O diretor-presidente da Arsam, Walter Cruz, ressalta que denúncias ou reclamações, se não atendidas pela Manaus Ambiental, devem ser registradas nas Ouvidorias da Arsam, no PAC do Uai Shopping São José, localizado na avenida Cosme Ferreira, São José I, e no PAC Shopping Sumaúma, na avenida Noel Nutels, Cidade Nova, ou por meio dos telefones de atendimento ao usuário 0800 280 8585, 3234-8787 e (92) 98423-0981.

Veja também

Arsam dá prazo para Manaus Ambiental regularizar situação de poços Terreno onde se localiza o poço tomado pelo mato. Foto: Divulgação A equipe de engenheiros do Departamento de Fiscalização de Saneamento da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) finalizou, na manhã desta quarta-feira (18/01), as fiscalizaç...
Arsam alerta sobre cuidados ao utilizar o hidrômetro Para que serve um hidrômetro? Qual a vida útil dele e de quem é a responsabilidade pelo equipamento? Essas e outras curiosidades são esclarecidas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), por meio de campanhas educativas, publicações n...
Arsam emite R$ 4 milhões em sugestões de multa contra a Manaus Ambiental  Foi realizada na manhã desta segunda-feira (15/1), na sede da Secretaria Estadual de Administração (Sead), uma reunião voltada ao balanço de 100 dias da nova gestão de Walter Cruz como diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Amazonas (...
Serviço de emergência deixa 10 regiões sem água nesta segunda Boa parte da capital está sem abastecimento de água nesta segunda-feira (15). Conforme informações da concessionária Manaus Ambiental uma equipe técnica está realizando serviços emergenciais no sistema elétrico de captação da Estação de Tratamento de Água (ETA I), no Complex...
Arsam notificia Manaus Ambiental por serviços mal executados Fiscalização constatou mais de 10 vazamentos de grandes proporções, o que faz com que buracos se transformem em crateras. Foto: DivulgaçãoPor conta de irregularidades constatadas nos serviços de abastecimento de água em alguns bairros das zonas Leste e Sul de Manaus, a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook