Explicações dos secretários sobre a LOA/2018 ficam para dia 22 na Assembleia

Adiamento da reunião se deu porque o titular da Sefaz, Alfredo Paes, já havia confirmado um compromisso na Suframa no mesmo dia e horário do convite da ALE-AM. Foto: Divulgação Sefaz

Prevista para acontecer nesta terça-feira (14), a ida de três secretários de governo à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para prestar esclarecimentos sobre pontos polêmicos da Lei Orçamentária de 2018 foi adiada para o dia 22. A informação foi divulgada pela deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) durante pronunciamento na Sessão Compensatória desta segunda-feira (13).

Com base num estudo técnico apresentado por sua assessoria política e jurídica, na última quinta-feira (9),  Alessandra alertou sobre a importância de discutir a LOA de 2018 no âmbito do Legislativo. Um requerimento foi aprovado em forma de convite. Assim, a ida dos secretários Alfredo Paes (Sefaz), Estevão Monteiro de Paula (Seplanct) e do chefe da Casa Civil, deputado licenciado Sidney Leite, ficou agendado inicialmente para esta terça-feira (14).

Segundo Alessandra, a mudança da data aconteceu em razão de outro compromisso agendado anteriormente pelo titular da Sefaz na Suframa. A deputada explicou que não fez “cavalo de batalha” sobre o adiamento, pois o debate sobre o orçamento só é possível do ponto de vista técnico e político com a presença do secretário Alfredo Paes.

“Essa reunião com os secretários funcionará como uma grande audiência pública, até sanando a carência de debates sobre a Lei Orçamentária Anual. Então é importante que as entidades e sindicados participem, tirando dúvidas e apresentando sugestões”, enfatizou Alessandra.

Para a líder do PMDB na Casa, a principal incongruência da LOA de 2018 é a não contemplação das vagas anunciadas para concursos públicos: são mais de 16 mil vagas para a Polícia Militar, Polícia Civil e Seduc. No estudo apresentado pela deputada na semana passada, a estimativa com Despesa de Pessoal para 2018 é na ordem de R$ 5,4 bilhões, enquanto em 2017 esse valor foi R$ 5,9 bilhões. A redução em R$ 500 milhões, explicou Alessandra, pode significar o não cumprimento da data-base dos servidores públicos pelo quarto ano consecutivo.

“São vários pontos a serem esclarecidos pelo Governo, daí a importância da vinda dos secretários ao Parlamento. A queda na estimativa de Despesa com Pessoal, por exemplo, vai inviabilizar o cumprimento de data-base, promoções, auxílio fardamento, escalonamento e outros benefícios previstos para servidores públicos da Segurança, Saúde e Educação do Estado”, argumentou a deputada.

 

 

Veja também

Amazonino e Arthur juntos em encontro na ALE-AM Com as presenças do governador Amazonino Mendes (PDT) e do prefeito Arthur Neto (PSDB), dentre outras autoridades, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizará o seu I Seminário Amazonense Municipalista (SAM) no próximo dia 29, no Auditório Belarmino Lins. Envo...
Falta de orçamento para concursos públicos faz Aleam convocar secretários Requerimento aprovado foi sugerido pela deputada Alessandra Campelo (PMDB). Foto: Emanuel Siqueira -A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) aprovou na sessão desta quinta-feira (9) requerimento de autoria da deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) na qual três...
Deputados aprovam reposição salarial para funcionários do TCE-AM Foto: Danilo Melo - ALE-AMA Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) aprovou no final da manhã desta quarta-feira (8), a reposição salarial de 9,82% aos funcionários do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). O reajuste, referente à data-base de 2016, bene...
Parlamentares aprovam reajuste de salário para servidores da ALE-AM Reajuste vai beneficiar aposentados e efetivos da ALE-AM. Foto: Danilo Melo - ALE-AMA Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) aprovou, nesta quarta-feira (1), Projeto de Lei de autoria da Mesa Diretora que autoriza o reajuste de 4,69%, no vencimento dos servidores ef...
Após denúncia do Portal, David Almeida cobra retorno da Bandeira do AM no Parque Jefferson Péres David Almeida afirmou que a bandeira é uma “marca registrada” do Parque. Foto: Danilo Melo - ALE-AMO presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado David Almeida (PSD), usou o Pequeno Expediente da Sessão Legislativa desta quinta-feira (19), para co...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook