Animais silvestres são apreendidos no porto do Ceasa durante ação da PRF

Durante fiscalização de rotina realizada pela PRF, no porto da Ceasa, dois suspeitos foram pegos com animais silvestres, que teriam sido comprados em Manicoré. Foto: Divulgação

No porto do Ceasa, no início da BR-319, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a prisão de dois indivíduos, não identificados, que estavam com animais silvestres.

O flagrante ocorreu neste sábado (11), durante fiscalização de rotina realizada na Unidade Operacional da PRF na base do Ceasa.

Tracajá e avontes

Estavam sendo transportados um quelônio (tracajá) limpo (sem as vísceras) e três avontes depenados guardados em uma caixa de isopor. Segundo os detidos, os animais foram comprados na rua onde moram, no Município de Manicoré.

Os homens foram conduzidos à Delegacia de Polícia Judiciária e responderão pelo crime de transporte ilegal de animal silvestre, previsto no art. 29, §1º, III, da Lei de Crimes Ambientais, que tem como pena detenção de 6 meses a 1 ano, e multa.

Veja também

Peixe-boi é encontrado morto com corte no pescoço em lago no Careiro Peixe-boi foi encontrado morto nas proximidades de Curari, no Careiro da Várzea, nesta sexta-feira. Fotos: DivulgaçãoUm peixe-boi foi encontrado morto nesta sexta-feira (19) próximo de uma comunidade no Careiro da Várzea. Segundo informações da polícia, o animal foi avi...
Comitiva vai falar com Michel Temer sobre asfaltamento da BR-319 Diligência na BR-319 realizada pela Comissão de Infraestrutura do Senado com o apoio da Aleam. Foto: Aleam/DivulgaçãoO senador Acir Gurgacz, do PDT de Rondônia, disse, ao chegar a Manaus na noite de terça-feira (16), que o próximo passo da comitiva que inspecionou a BR-...
MPF denuncia 25 proprietários de dragas por extração ilegal de ouro no Madeira MPF denunciou 25 proprietários de dragas por atividades de exploração mineral sem licença no rio Madeira, em Humaitá. Foto: ReproduçãoO Ministério Público Federal denunciou 25 proprietários de dragas por desenvolverem atividades de exploração mineral sem licença ambient...
Perícia do Amazonas recebe equipamentos para fortalecer investigações de crimes ambientais O setor de Perícias Ambientais do Instituto de Criminalística do Amazonas está recebendo novos equipamentos para atuação em crimes como tráfico de animais silvestres, pesca predatória e extração e transporte ilegal de madeira. No ano passado, o Departamento de Perícia Técn...
Com dois macacos mortos, homem é preso em ramal de Borba por crime ambiental e furto Samuel de Lima Reis, 19, foi preso em flagrante por crime ambiental e furto na cidade de Borba (distante 208 quilômetros de Manaus), nesta sexta-feira (15).Eles foram denunciados pela vítima, Maria de Jesus Albuquerque, 53, que relatou o furto em sua residência de roupas...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook