Sergio Muniz assume comando da Adaf

Sérgio Muniz reuniu com servidores da Adaf. Foto: divulgação Adaf

O diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Amazonas (Adaf), órgão vinculado à Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), Sergio Muniz, assume a pasta após decreto publicado nesta quinta-feira (09/11), no Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE).

Durante a manhã de hoje, servidores da casa e representantes do Sistema Sepror (Idam, Adaf, Sepa e ADS) deram as boas vindas ao atual gestor da pasta, em reunião realizada no auditório da agência de defesa.

Responsabilidade – Em seu discurso, Sergio reafirmou o compromisso do governador Amazonino Mendes diante o trabalho da defesa agropecuária no Amazonas. “Existe um grupo da defesa agropecuária do Estado do Amazonas e, para isso eu estou aqui, para contar com o trabalho de cada um servidor da casa”, destacou.

Em 2013, Sergio assumiu a diretoria da antiga Comissão de Defesa Animal e Vegetal do Amazonas (Codesav). Em seguida, através da Lei 3.801, de 29 de agosto de 2012, foi criada a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) e, consequentemente, tornou-se gestor do órgão.

“Lembro que deixei a presidência da Adaf em um momento muito difícil, onde buscávamos mudar o status estadual quanto ao risco da febre aftosa. E agora estamos em uma recuperação econômica, que a gente tem que ser um motivador, incentivador, por que o setor primário pode muito bem dar a resposta que esse Estado está precisando, que os outros estados já deram em função dos investimentos que foram feitos”, destacou.

Adaf – A Agência foi criada com a finalidade de elaborar, coordenar e executar a política de defesa agropecuária no Estado do Amazonas, garantindo a preservação e a sanidade do patrimônio animal e vegetal do Estado, bem como promovendo a idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária, a identidade e a segurança higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos agropecuários finais destinados aos consumidores.

Histórico – Sergio Muniz é formado em medicina veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Iniciou a carreira no setor primário na Empresa de Assistência Técnica do Estado do Amazonas (Emater). Atuou como médico veterinário na Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama) e no Idam em sua área de formação, como extensionista, gerente de produção animal, assessoria técnica e diretoria.

Compromisso com o governo federal – Sergio Muniz destacou que o Governo do Amazonas assumiu um compromisso com o governo federal, através do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em tornar o Brasil todo livre da febre aftosa, ou seja, não depende mais de uma questão estadual, e sim nacional.

Segundo ele, o Amazonas terá o compromisso e o dever de seguir firme na integração de um sistema de defesa agropecuária unindo os esforços do Sistema Sepror, especialmente do Idam que atua em 62 municípios e a Adaf em 51, as secretarias municipais de produção, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM), Federação de Agricultura e Pecuária do Amazonas (Faea), os produtores rurais e suas organizações.

“O governador Amazonino Mendes nos confiou essa missão e o secretario José Aparecido (Sepror) reforçou. E nós estamos aqui para prestar o melhor serviço possível que essa equipe possa dar, para que nós atendamos as expectativas que neste momento estão sendo confiadas”, destacou.

Veja também

Sepror comemora linhas de crédito no valor de R$ 133 milhões Recursos da ordem de R$ 133 milhões serão viabilizados pelo Governo do Estado, por meio da Afeam, através dos bancos da Amazônia (Basa) e do Brasil (BB). Foto: DivulgaçãoA Secretaria de Produção Rural (Sepror) comemora mais uma conquista para o setor primário do Amazona...
Primeiro abatedouro de aves do Amazonas será entregue em fevereiro de 2018 O Amazonas vai contar com o primeiro abatedouro de aves a partir de fevereiro de 2018. O empreendimento está sendo construído no quilômetro 38 da AM-010, rodovia que liga Manaus a Itacoatiara (AM). Na manhã desta quinta-feira (30/11), um grupo de empresários e técnicos ag...
Pecuaristas têm até esta quinta-feira para adquirirem vacina contra febre aftosa O preço médio da dose de vacina oscila entre R$ 1,80 e R$ 2,20. Foto: Adaf/DivulgaçãoOs produtores rurais de 21 municípios do Amazonas têm até esta quinta-feira (30/11) para adquirirem a vacina contra a febre aftosa. A vacina deve ser adquirida em casas agropecuárias cr...
TJ mantém condenação de réus da Sepror, incluindo ex-secretário Eron Bezerra. Decisão tem bloqueio d... Para desembargadora Maria das Graças, a verba pública desperdiçada poderia alimentar diversos brasileiros que hoje morrem de fome. Foto: Raphael Alves/ TJAMA Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) negou provimento a recurso interposto por Lacerd...
Afeam e Sistema Sepror tem orçamento inicial de R$ 40 milhões para desenvolver o setor primário A reunião entre a Afeam e o sistema Sepror foi para definir diretrizes para o setor primário. Foto: DivulgaçãoPotencializar o investimento nas cadeias produtivas, como a da mandioca, piscicultura e polpas de frutas; maior oferta de assistência técnica ao produto...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook