Exame de Supletivo Eletrônico Online chega a Autazes

Foto: Seduc-AM

Moradores do município de Autazes (a 113 quilômetros de Manaus) que ainda não concluíram o ensino médio ou o fundamental terão a oportunidade de regularizar a sua escolaridade por meio do Exame Supletivo Eletrônico Online (Provão Eletrônico), um serviço oferecido pela Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc) e desenvolvido pela empresa Processamento de Dados do Amazonas S.A (Prodam).

O Provão Eletrônico faz parte dos serviços que estão sendo oferecidos no evento “Show das Águas”, que acontece até o dia 11 de novembro, no município.

O Supletivo Eletrônico é realizado  por meio do Sistema Eletrônico de Avaliação (Sea), desenvolvido pela Supervisão de Sistemas de Educação da Prodam. Desde seu lançamento, em 2009, o sistema já registrou a realização de 134.324 provas dos ensinos fundamental e médio.

Tecnologia 

O Sea utiliza a tecnologia TouchScreen (também conhecida no Brasil como tela sensível ao toque). O aluno realiza uma avaliação eletrônica, escolhendo as opções de respostas com apenas o toque na tela. “O sistema agiliza o exame supletivo porque os candidatos não precisam ficar na expectativa do resultado, pois na mesma hora os computadores fazem a correção da prova”, explica o analista de TI da Prodam, Humberto Tomais.

As inscrições para a realização do Exame Supletivo em Autazes já foram encerradas. Em Manaus, diariamente, candidatos com idade mínima de 15 anos (Ensino Fundamental) e 18 anos (Ensino Médio) se submetem as avaliações online nas dependências do Centro Cultural Tiago de Mello, da Escola Estadual Sólon de Lucena e do Instituto de Educação do Amazonas IEA.

Informações sobre agendamento e conteúdo das provas estão disponíveis no site exa-mesupletivo.seduc.am.gov.br/.

Veja também

Abertas licitações para ligar avenida das Flores à das Torres e asfaltamento de Autazes A Comissão Geral de Licitação do Estado do Amazonas (CGL/AM) realizará, na próxima quarta-feira (17/01), dois certames para contratar empresas interessadas em realizar obras de infraestrutura na capital amazonense e no interior.A primeira licitação, na modalidade con...
Acusados de matar a menina Grazielly vão a júri popular em Autazes. Para não reconhecer paternidade,... Na próxima terça-feira, na Comarca de Autazes, três acusados da morte de Grazielly vão a julgamento popular. Foto: Arquivo TJAMO Conselho de Sentença da Vara Única da Comarca de Autazes julga na terça-feira (16), no Fórum Desembargador Aristófanes Bezerra de Castro, os ...
EXCLUSIVO: Prefeitura de Barcelos terá apoio da PM e até do Exército contra abate de tucunaré. Prefe... PM e Exército apoiam contra abate de tucunaré em Barcelos. Prefeito Edson Mendes (foto) sancionou a lei da cota zero no MunicípioBarcelos é o segundo Município do Amazonas, após Autazes, a adotar "cota zero" no abate de tucunaré. Em agosto/2017, o prefeito Edson de Paul...
MPF recomenda suspensão de contratos que envolvam crédito de carbono firmados com empresa irlandesa ... MPF recomendou às prefeituras de Borba e de Autazes que suspendam contratos que envolvam projetos com redução de emissões de desmatamento e créditos de carbono. Foto: ArquivoO Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas recomendou às Prefeituras de Borba e de Autazes, ...
Justiça fecha pousadas em Autazes por abate do tucunaré, símbolo do Município A ordem de fechamento das pousadas foi cumprida dia 5 de dezembro. Fotos: DivulgaçãoO abate de tucunaré, proibido por lei municipal, levou ao fechamento de duas pousadas no Município de Autazes. Ambas estão localizadas no rio Mutuca e se recusaram a cumprir a Lei de Pro...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook